Bolsas

Câmbio

Compra da LSE pela Deutsche Boerse pode eliminar 1.250 empregos

John Detrixhe

(Bloomberg) -- A aquisição da London Stock Exchange Group proposta pela Deutsche Boerse poderá resultar no corte de cerca de 1.250 empregos nas empresas.

A firma combinada, que criaria uma operadora de bolsa de valores dominante na Europa, perderia um total líquido de 700 postos de trabalho porque poderá criar 550 empregos, disseram a Deutsche Boerse e a LSE hoje em um comunicado. Elas gerariam sinergias de receita antes de impostos de pelo menos 250 milhões de euros (US$ 279 milhões) por ano a partir do quinto ano após a conclusão do negócio.

"Essas sinergias de receita antecipadas deverão surgir como resultado direto da fusão e poderiam não ser alcançadas de forma independente", segundo o comunicado.

Cerca de 200 novos empregos podem ser criados com "iniciativas de crescimento" e 350 postos com "sinergias operacionais", informou o comunicado. Como anunciado anteriormente, a Deutsche Boerse e a LSE esperam reduzir os custos em 450 milhões de euros por ano três anos após a combinação de seus negócios.

Os acionistas da LSE deverão votar sobre a fusão em 4 de julho, após o referendo do Reino Unido sobre a permanência na União Europeia. As empresas disseram que a fusão avançará independentemente do resultado do referendo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos