Samsung planeja celular com tela flexível para 2017, dizem fontes

Jungah Lee

(Bloomberg) -- A Samsung Electronics está avaliando a introdução de dois novos modelos de smartphones com telas flexíveis, incluindo uma versão que se dobra pela metade, como um estojo de pó compacto de maquiagem, disseram pessoas informadas sobre o assunto.

Os aparelhos, que utilizam diodos emissores de luz orgânicos (OLED), poderiam ser lançados no início de 2017, disseram as pessoas, pedindo anonimato porque o assunto é privado. Isso provavelmente daria à empresa uma vantagem em relação aos novos iPhones da Apple. O segundo modelo da Samsung terá uma tela de 5 polegadas quando usada como celular, que se desdobra e forma uma tela de até 8 polegadas similar a um tablet, disseram as pessoas.

Maior fornecedora de painéis OLED para aparelhos móveis, a Samsung é pioneira no desenvolvimento de novos formatos de telas com seus smartphones Edge, que têm vários lados. O uso de tecnologias avançadas para telas pode ajudar a empresa a recapturar clientes da Apple e a aumentar os lucros da empresa, que caíram nos últimos dois anos.

"Esse produto pode ser um divisor de águas se a Samsung conseguir criar uma interface de usuário adequada para as telas flexíveis", disse Lee Seung Woo, analista da IBK Securities em Seul. "O ano que vem é um cenário provável. O maior obstáculo deles estava relacionado à fabricação de plásticos transparentes e a torná-los duráveis, o que parece ter sido resolvido".

As ações da Samsung subiram 1,5 por cento em Seul, para 1.398.000 wons, ampliando o ganho deste ano para 11 por cento. As fornecedoras da Samsung deram um salto. A V Technology, que conta com a Samsung como sua segunda maior cliente, segundo dados compilados pela Bloomberg, subiu 15 por cento em Tóquio, para 9.270 ienes. A Murata Manufacturing avançou 4,7 por cento e a Screen Holdings reverteu declínios anteriores e fechou em alta.

Com o codinome "Project Valley", a Samsung poderia lançar um ou ambos os aparelhos já em fevereiro, durante o Congresso Mundial de Telefonia Móvel, em Barcelona, disse uma das pessoas. O cronograma daria à Samsung uma vantagem em relação ao iPhone fabricado com telas OLED que poderá ser lançado pela Apple mais adiante em 2017, disse a pessoa.

A empresa também poderá nomear a próxima versão de seu aparelho Note como "Note 7", pulando um número, para alinhá-lo à sua principal família de smartphones, o Galaxy S, disse uma das pessoas. A Samsung não planeja comercializar os novos modelos com telas flexíveis na linha Galaxy S, disse a pessoa.

Por e-mail, a Samsung informou que prefere não comentar o assunto.

Após usar o OLED em seus aparelhos de ponta, a Samsung contará com a tecnologia para conseguir pedidos de fornecimento. As telas são mais finas, têm cores mais brilhantes e consomem menos bateria que os modelos atuais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos