Bolsas

Câmbio

Compra da SABMiller por AB InBev será aprovada na China, dizem fontes

Bloomberg News

(Bloomberg) -- A compra da SABMiller pela Anheuser-Busch InBev, transação de mais de US$ 100 bilhões, está prestes a obter a aprovação do Ministério do Comércio da China depois que as empresas concordaram em vender alguns ativos, disseram pessoas familiarizadas com o assunto. Isso deixaria a maior transação da história do setor de cervejarias mais perto de se concretizar.

Embora o governo talvez estabeleça algumas condições para a transação, as autoridades reguladoras não veem grandes obstáculos, disse uma das pessoas, que pediu anonimato porque as deliberações são confidenciais.

Algumas cervejarias locais disseram ao ministério que não têm objeções à aquisição porque ela não terá um impacto grande no mercado chinês, disse outra pessoa.

Como pessoas familiarizadas com o processo afirmam que o Departamento de Justiça dos EUA provavelmente aprovará o acordo neste mês, a fabricante da Budweiser está se aproximando da finalização de uma fusão que poderia resultar em uma cervejaria que controlará cerca de metade dos lucros do setor.

As empresas tiveram que concordar em fazer algumas vendas para obter aprovações regulatórias em todo o mundo, como a venda da participação da SABMiller em seu empreendimento com a China Resources Beer (Holdings) Co.

A AB InBev e a SABMiller preferiram não comentar. A China Resources e o Ministério do Comércio não responderam imediatamente a perguntas.

O plano de fusão, que as duas empresas definiram em novembro como meio para obter acesso aos mercados emergentes, já obteve a aprovação antitruste em mais de uma dezena de jurisdições, inclusive na União Europeia.

Em março, a China Resources anunciou que compraria a totalidade da participação da SABMiller no empreendimento chinês de ambas, por US$ 1,6 bilhão. Esse acordo também está perto de ser aprovado pelo Ministério do Comércio chinês, disseram as pessoas.

--Com a colaboração de Thomas Buckley e Daniela Wei P

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos