Bolsas

Câmbio

Hedge funds cortam apostas no Brent com temor por demanda

Grant Smith

(Bloomberg) -- Hedge funds e outros investidores reduziram sua postura otimista para o petróleo Brent pela quinta semana seguida, recuo mais longo em um ano.

Os gestores de recursos reduziram suas posições compradas para o Brent em 8.899 contratos, ou 2,9 por cento, para um total de 303.371, no período de uma semana até 12 de julho, segundo dados da bolsa ICE Futures Europe. Isto representa o recuo mais longo em posições compradas mantidas por investidores desde junho de 2015.

O Brent atingiu o maior nível em oito meses no início de junho, de mais de US$ 50 por barril, devido a interrupções na produção de países como Canadá e Nigéria. O petróleo usado como referência internacional caiu desde então para perto de US$ 47 em meio ao retorno da oferta que havia sido interrompida, enquanto a decisão do Reino Unido, em referendo, de deixar a União Europeia aumenta o temor quanto à resiliência da demanda global por combustível.

A mudança nas posições do Brent na semana passada contrasta com a negociação do petróleo de referência dos EUA, o West Texas Intermediate, pelos hedge funds. Os fundos ampliaram suas posições compradas para o WTI em 10.970 contratos, ou 6,5 por cento, para uma alta de três semanas de 180.469, segundo dados publicados na sexta-feira pela Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos EUA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos