Bolsas

Câmbio

Google conta o que muitos indianos querem saber: lavar dinheiro

Jeanette Rodrigues

(Bloomberg) -- Na noite de terça-feira, quando o primeiro-ministro Narendra Modi pegou o país desprevenido com sua maior medida contra a sonegação de impostos, muitos indianos pediram ajuda ao Google.

"Como converter dinheiro sujo em dinheiro limpo" era tendência no motor de busca, e as consultas dispararam logo depois que Modi anunciou a eliminação das cédulas de 500 rúpias e 1.000 rúpias (US$ 15), o que deixou 86 por cento do dinheiro em circulação sem valor. "Dinheiro sujo" se refere ao dinheiro escondido para escapar dos impostos.

"Esta decisão, sozinha, vai mudar a cultura social, o modo em que as pessoas guardam e gastam dinheiro", disse o ministro da Economia Arun Jaitley a jornalistas na quarta-feira em relação à medida do governo. "Quem é honesto tem a satisfação de ser honesto, e quem não é tão honesto teme."

A maioria das pesquisas no Google foi realizada no estado natal de Modi, Gujarat, mostra o Google Trends, uma região famosa pelo espírito empreendedor, pelos pequenos comerciantes e pelas joalherias que formam a base de poder do Partido do Povo Indiano, atual governante.

Maharashtra, que inclui o centro financeiro Mumbai, ficou em segundo, seguido por Haryana, que tem aparecido nas notícias nos últimos meses por transações imobiliárias polêmicas, inclusive algumas com supostos vínculos com o Partido do Congresso, principal opositor.

O setor imobiliário será um dos mais afetados pela medida de Modi, projetaram corretoras como CLSA Asia-Pacific Markets, Credit Suisse Group e Nomura Holdings. O S&P BSE India Realty Index, que compreende 11 ações imobiliárias, chegou a cair 16,5 por cento na quarta-feira, a maior queda desde 2009, antes de subir 4,6 por cento até às 11h07 desta quinta-feira em meio à uma recuperação mais ampla do mercado.

Na verdade, se você modificar a pergunta no Google Trends para "como converter dinheiro sujo", Haryana encabeça a lista, e Gujarat fica pouco atrás. Entre outros estados que também fizeram a mesma pergunta estão Punjab, que tem eleições marcadas para o princípio do ano que vem, e a capital Déli. Dinheiro inexplicável costuma surgir inesperadamente em época de eleição para subornar eleitores.

De modo geral, os indianos procuraram mais informações sobre as novas cédulas planejadas pelo governo, que incluem recursos de segurança melhores. Perguntas sobre elas ficaram entre os cinco assuntos mais pesquisados no Google na Índia na terça-feira. A Índia tem 277 milhões de usuários de internet, a maior quantidade do mundo depois da China, de acordo com o relatório de 2016 sobre tendências da internet publicado pela Kleiner Perkins Caufield & Byers.

Google India não respondeu imediatamente a um pedido de comentário enviado por e-mail.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos