Teclado do BlackBerry reaparece antes de dar adeus

Gerrit De Vynck e Emily Chang

(Bloomberg) -- A BlackBerry deixou oficialmente de fabricar seus próprios telefones, mas a companhia tem uma última surpresa para seus fãs obstinados: um novo aparelho com o teclado físico que é a marca registrada da companhia.

O CEO John Chen tinha dado uma pista sobre o telefone em setembro, mas só a confirmou na quinta-feira, quando conversou com Emily Chang em uma entrevista à Bloomberg TV.

"Nós temos um telefone com teclado que eu prometi para os clientes", disse Chen. "Ele está chegando."

Sob o comando de Chen, a BlackBerry passou gradativamente dos smartphones para o software e informou em setembro que iria deixar completamente de produzir, armazenar e distribuir telefones próprios.

Em vez disso, a empresa vai licenciar a marca BlackBerry para que outras companhias a utilizem em telefones que elas mesmas constroem. O teclado físico é o recurso mais famoso do smartphone BlackBerry e muitos antigos usuários ainda lamentam sua ausência quando sofrem para digitar e-mails com um iPhone e se despedem com palavras como "desculpe os erros de digitação".

Chen, um republicano que fez parte do conselho assessor sobre exportações do ex-presidente dos EUA, George W. Bush, disse anteriormente neste ano que ele estava preocupado com o discurso de Donald Trump contra os imigrantes.

Na quinta-feira, ele disse que espera que, na condição de presidente, Trump busque se cercar de moderados e diminua as ameaças de acabar com alguns vistos para trabalhadores estrangeiros do setor de tecnologia.

"Aconteceu, então precisamos tirar o melhor partido disso", disse Chen sobre a eleição de Trump. "Ninguém sabe ao certo o que ele vai fazer."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos