Bolsas

Câmbio

Megafone japonês torna mais fácil gritar em outros idiomas

Pavel Alpeyev e Takashi Amano

(Bloomberg) -- A obsessão do Japão por manter a ordem e por proezas tecnológicas chegou a uma conclusão natural com um megafone inteligente capaz de emitir comandos em chinês, inglês e coreano.

A Panasonic revelou recentemente o aparelho -- essencialmente, um smartphone combinado a um alto-falante portátil -- apostando que a polícia, organizadores de eventos e funcionários do setor de transporte que buscam controlar multidões estarão ansiosos para pôr as mãos em algo que lhes permita berrar ordens a um grande número de pessoas ao mesmo tempo.

Embora o aparelho possa cair na categoria de mais uma invenção japonesa em busca de problemas -- uma arma que dispara uma rede estreou em 2002 para controlar torcedores de futebol --, existe uma chance razoável de que o megafone inteligente possa dar certo.

O turismo está aumentando e Tóquio se prepara para receber muitos visitantes nos Jogos Olímpicos de 2020. Mais de 20 milhões de pessoas visitaram o arquipélago neste ano, 23% a mais do que no ano anterior, de acordo com a Organização Nacional de Turismo do Japão. Com o aumento da renda no exterior e a flexibilização dos requisitos para obter o visto, a previsão é de que o número de turistas crescerá para 45 milhões anualmente até o fim da década.

O megafone pode combinar o japonês falado com 300 expressões predefinidas em inglês, coreano e chinês ao apertar um botão. Ele sairá à venda em 20 de dezembro com um contrato de três anos que custará menos de US$ 180 por mês e será comercializado para aeroportos, casas de eventos e parques temáticos. O aparelho faz parte de uma linha de produtos para o turismo da Panasonic, com sede em Osaka, que também inclui um tradutor portátil e máquinas registradoras em vários idiomas.

O objetivo da Panasonic é que no futuro o megafone traduza em tempo real, quando estiver vinculado a um serviço de tradução em nuvem. Um protótipo exibido em um showroom em Tóquio já faz isso: ele pode dizer que é proibido pisar na grama em três idiomas ou avisar que o sushi acabou.

No entanto, algumas coisas se perdem na tradução. Um alerta para proibir o uso de drones acabou informando que "o ladrão chocante não é permitido aqui" (confundindo drone com a palavra japonesa dorobo, que significa ladrão). A Panasonic informou que vai corrigir os erros antes de adotar a tradução em tempo real.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos