Bolsas

Câmbio

Nova loja masculina de Nova York é um perigo para o bolso

Troy Patterson

(Bloomberg) -- O parâmetro de uma boa loja de roupa masculina em Manhattan é o cliente entrar nela morto de medo. Medo de não sair de lá sem gastar -- escolha um número -- US$ 1.000, US$ 2.000, US$ 10.000. O que ele considerar muito.

Segundo esse parâmetro, a nova loja Todd Snyder em Nova York (T.S. N.Y), na 25 Madison Square North, é um enorme sucesso. Depois de ter feito uma visita à loja guiado pelo próprio estilista no começo da semana, compareci à inauguração deploravelmente nervoso. Eu sabia que o lugar estaria repleto de coisas atraentes por todos os lados -- ternos elegantes e roupas de ginástica, relógios Rolex antigos e novos modelos Timex, xampus caros e kits chiques para lustrar sapatos. Eu tinha total confiança na qualidade e na seleção dos produtos. O que me deixava preocupado era como explicar para os meus filhos que não íamos poder comemorar o Natal neste ano.

Snyder, 49, criador da marca que tem cinco anos, tinha me dito que a elegante superloja "representa a marca e também outras marcas que se relacionam conosco". Representando-as com classe, a loja vende gravatas Drake de US$ 180 que combinam com casacos de pelo de camelo da marca Snyder de US$ 900.

Snyder tem um olho perspicaz para a experiência de varejo, uma habilidade sem dúvida aperfeiçoada no início de sua carreira na Ralph Lauren, a empresa que inventou o "lifestyle" como o conhecemos atualmente. Sair da T.S. N.Y. sem comprar tudo é um desafio, especialmente porque tudo o que há na loja está à venda, inclusive os móveis 1stDibs e, de certo modo, a própria experiência de marketing. As roupas exibidas nos manequins da vitrine atual combinam com as pinturas de Luke Edward Hall no vidro, cujas ilustrações idênticas estão à venda na loja.

Eu estava experimentando minha única compra -- uma camiseta de US$ 55 de uma linha de edição limitada, Speakeasy, que faz homenagem a bares clássicos de Manhattan, como Old Town e Walker's, lugares que são como a madeira reciclada da paisagem urbana do século 21. Minha nova camiseta homenageia o letreiro neon modificado do Ear Inn. Fiquei um pouco chocado de ver que os vendedores não sabiam onde o Ear Inn ficava e nem mesmo como se chamava. O rapaz do caixa parecia achar que ele se chamava "BAR".

Menciono essa falta de conhecimento irrelevante apenas porque Snyder tinha me dito que os funcionários dessa loja não seriam meros assistentes de vendas nem simples guias do estilo de vida Todd Snyder, mas também "conhecedores da cidade".

Mas, bom, esse era o primeiro dia de trabalho do rapaz. E a promessa de Snyder era pura lábia de um excelente vendedor que sabia exatamente o que eu queria escutar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos