Bolsas

Câmbio

Investidores criam resort de esqui à prova de mudança climática

Tom Moroney

(Bloomberg) -- Os executivos dos resorts de esqui costumam odiar as mudanças climáticas por motivos óbvios. Les Otten é uma exceção.

Ele também não morre de amores, mas está tentando virar a equação do aquecimento global de ponta-cabeça. Como? Criando pistas em um local remoto na região norte de New Hampshire, EUA, que é frio o bastante para superar a camada de neve de seus concorrentes. Quando as áreas de elevação mais baixa amolecerem, os teleféricos das partes mais altas continuarão funcionando.

"Não queremos que nossos colegas definhem", disse Otten, um veterano do setor de esportes de inverno que se uniu a uma dupla de empresários locais, "mas as estações deles serão encurtadas. Seria desonesto dizer que, em certa medida, nós não pensamos nisso".

Para Otten e seus parceiros, as apostas são altas. Eles têm um projeto que, se concretizado, incluirá a maior área de esqui da região noroeste dos EUA e a primeira a abrir em New Hampshire desde a estação de Bretton Woods, em 1973.

O empreendimento é um remake de US$ 1,5 bilhão do Balsams nas Montanhas Brancas, EUA, um resort histórico estabelecido em 1866 e fechado em 2011. A apenas 16 quilômetros da fronteira canadense, em seus últimos 45 anos o Balsams incluiu a Balsams Wilderness Ski Area, com três teleféricos. Era popular, com uma excelente camada de neve.

-18 graus

Mas Otten só ficou impressionado quando viu em um mapa topográfico os 1300 hectares adjacentes com uma elevação de 1.050 metros e uma descida vertical de 600 metros. Além disso, a região é voltada para o norte, um alvo convidativo para as maiores tempestades de neve. Ele já tinha decidido apostar tudo quando enviou o mapa a um colega que, "minutos depois, disse: 'uau, onde é isso?'"

Resposta: Dixville Notch, famoso por ter sido o lugar de onde saíram os primeiros votos à meia-noite nas eleições presidenciais. (Hillary Clinton conseguiu uma vitória apertada neste ano, quatro sufrágios a dois).

O mais importante é que, no inverno, lá faz mesmo muito frio. A mínima média em janeiro é de -18 graus Celsius e a alta média é de apenas -4 graus Celsius. Otten fechou o acordo em 2013, contribuindo com US$ 5 milhões de seu próprio dinheiro, e imediatamente tomou medidas para comprar os hectares vizinhos de grande elevação.

Atualmente nas Montanhas Brancas existem 17 lugares para esquiar ou praticar snowboard, ao passo que no pico da estação de 1969-1970 havia dois, segundo o site do New England Lost Ski Areas Project. Embora não sejam o único fator, os invernos mais quentes são um fator importante para o fechamento ou a redução de um resort, disse o criador do site, Jeremy Davis, um meteorologista de Saratoga, Nova York, que esquiou no Balsams. Ele chamou a camada de neve do local de "fantástica".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos