Donald Trump finalmente começou a se vestir como presidente?

Kim Bhasin e Shannon Pettypiece

(Bloomberg) -- Dizem que o terno define o homem. No caso do presidente dos EUA, Donald Trump, pode ser que o terno defina o presidente.

Um dos principais aspectos de seu primeiro discurso para o Congresso na terça-feira foi a imagem presidencial do magnata imobiliário de Nova York. Embora grande parte dessa imagem tenha a ver com o tom mais esperançoso de seu discurso, em comparação com o teor de mau augúrio de sua campanha e de seu primeiro mês no cargo, o visual também foi um fator importante.

Trump, 70, optou por uma gravata azul-marinho listrada mais na moda, em vez da característica gravata vermelha larga que usou na posse e em vários eventos de alto nível desde então. Diante do Congresso na noite de terça-feira, o republicano manteve o paletó abotoado (quase sempre está aberto), projetando uma aparência mais limpa e arrumada. Até mesmo o cabelo parecia menos espalhafatoso, observou um historiador da Casa Branca. Considerando todas essas mudanças sutis, Trump, naquela noite, ganhou alguns elogios sobre sua roupa.

"Para a enorme personalidade e a imagem de reality show de Donald Trump, ele reduziu o tom de tudo aquilo", disse Barbara Perry, historiadora presidencial do Centro Miller de Assuntos Públicos da Universidade de Virginia. A importância de sua aparência, de seus gestos e de sua forma de se expressar "não deve ser minimizada", disse ela, porque ao longo da campanha e da transição o povo se perguntava quando ? e se ? ele se tornaria mais presidencial.

"O presidente parecia e soava como o líder que ele é", disse a porta-voz da Casa Branca Hope Hicks, que não quis fazer mais comentários sobre o guarda-roupa de Trump nem sobre se esta versão mais elegante é o começo de uma nova fase.

A seguir, uma análise detalhada da transformação de terça-feira.

O conjunto

O terno usado por Trump era azul-marinho, uma das cores mais formais, e tinha um caimento melhor que o habitual. Com a gravata azul-marinho, a combinação transmitia seriedade.

O paletó

Ele também abandonou o paletó comprido e folgado e preferiu uma silhueta mais moderna que lhe deu proporções adequadas, disse Joseph Abboud, estilista e diretor de criação da Men's Wearhouse (Abboud uma vez vestiu Obama quando dirigia a alfaiataria Hart Schaffner Marx.)

O botão

E depois, o botão. Trump raramente abotoa o paletó, decisão que transmite uma atmosfera informal ou que denota que a pessoa está prestes a se sentar. Mas desta vez ele o usou abotoado enquanto falava perante os legisladores do país ? como deve ser.

A gravata

Quanto à gravata, Trump se aferrou ao vermelho brilhante de carro de bombeiros durante anos. Ele usou gravatas lisas e vermelhas em seus discursos mais importantes ? na posse, na Conferência de Ação Política Conservadora, em sua primeira entrevista coletiva como presidente e em alguns de seus maiores comícios. Mas Abboud disse que aquele enorme pedaço de tecido vermelho "parece démodé", uma relíquia dos vaidosos homens ricos de Manhattan dos anos 1980. "Acho ótimo que ele não tenha usado aquilo", disse ele.

Para entrar em contato com os repórteres: Kim Bhasin em Nova York, kbhasin4@bloomberg.net, Shannon Pettypiece em Washington, spettypiece@bloomberg.net.

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net, Taís Fuoco

©2017 Bloomberg L.P.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos