Bolsas

Câmbio

BT paga US$ 1,5 bi por direitos britânicos da Liga dos Campeões

Rebecca Penty

(Bloomberg) -- A BT Group investirá 1,18 bilhão de libras (US$ 1,45 bilhão) para manter os direitos de transmissão dos jogos da Liga dos Campeões da Europa no Reino Unido, aceitando um aumento de preço de 32 por cento para garantir o futuro de sua unidade de TV paga.

A empresa que detinha o monopólio de telefonia no Reino Unido pagará 394 milhões de libras por ano durante três temporadas, até a edição de 2020-2021, informou a BT em comunicado, nesta segunda-feira. A companhia, que assumiu em 2013 os direitos antes mantidos pela Sky, uma potência entre as emissoras esportivas, anteriormente pagava 299 milhões de libras.

"Estamos claramente muito satisfeitos por ter assegurado esses direitos pelos próximos três anos", disse John Petter, CEO da unidade de consumo da BT, em conferência com jornalistas. A adição de noites com rodadas duplas, com partidas ao vivo às 18 horas e às 20 horas, implica um aumento de 35 por cento nos espaços de transmissão para a BT, disse ele. "Estamos pagando mais, mas recebemos muito mais pelo que pagamos."

Com a renovação, a BT reforça a maior atração de sua unidade de TV paga e consegue uma vitória sobre a Sky e outras rivais que apresentaram ofertas no leilão. A vitória vem após um ano difícil no qual a empresa de telecomunicações enfrentou um escândalo contábil na Itália e uma desaceleração em suas divisões de terceirização para governos e corporações, ao mesmo tempo em que travou uma batalha com a Ofcom, o órgão regulador britânico, por sua unidade de redes.

'Bastante tranquilizadora'

"Nós contestamos o retorno sobre o investimento da estratégia de mídia, mas a notícia é bastante tranquilizadora", disse Stephane Beyazian, analista da Raymond James em Londres, por e-mail. As partidas europeias continuam sendo "bastante acessíveis" em comparação com os jogos ingleses, a 1,7 bilhão de libras por ano, disse ele, e o preço maior que a BT está pagando não é relevante, mesmo que isso signifique que a companhia não seja capaz de cumprir suas metas de corte de custos, disse ele.

Procurado, um porta-voz da Sky preferiu não comentar.

A Liga dos Campeões, uma competição anual, é o mais prestigioso dos torneios de clubes de futebol, reunindo 32 equipes de ponta de toda a Europa. O acordo inclui também a Liga Europa, que normalmente apresenta equipes que ficaram de fora da Liga dos Campeões por pouco, incluindo algumas que conquistaram torneios domésticos.

A BT terá direitos exclusivos a todos os jogos ao vivo, melhores momentos e outros vídeos das partidas. A empresa informou que a base de clientes conquistada com a aquisição da operadora de telefonia celular EE no ano passado a ajudará a ampliar as receitas.

Os planos de exibir clipes e melhores momentos semanais nas redes sociais podem ser parte da resposta à pressão exercida pelos patrocinadores da União das Federações Europeias de Futebol para aumentar a visibilidade da Liga dos Campeões. As finais de ambos os torneios serão exibidas gratuitamente nas redes sociais, informou a BT. Os patrocinadores da Liga dos Campeões, incluindo a Heineken, exortaram a UEFA a incluir um compromisso maior com a transmissão gratuita de jogos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos