Bolsas

Câmbio

Churrascos no inverno dos EUA deixam fundos otimistas com boi

Lydia Mulvany

(Bloomberg) -- É o fim da depressão de inverno nos EUA. O clima anda tão agradável em parte do país que os norte-americanos estão acendendo suas churrasqueiras em uma época do ano normalmente mais adequada para tomar chocolate quente.

Os consumidores dos EUA, impulsionados pelo otimismo com a economia e também pelas temperaturas quentes históricas de fevereiro, estão comprando hambúrgueres como se fosse verão. A carne bovina está passando por um bom momento, sendo que os preços no atacado são os mais elevados desde julho. A situação é surpreendente, considerando que a época usual para churrascos ao ar livre normalmente começa mais perto de maio.

E não são apenas os churrascos que estão elevando os preços da carne bovina. As pessoas estão saindo de casa com mais frequência para desfrutar do clima, frequentando restaurantes e pedindo cortes de primeira, como filés. A demanda internacional também subiu, com um aumento das exportações para países como Japão e Coreia do Sul. Tudo isso está diminuindo a produção maior e atraindo o interesse dos hedge funds. Os gestores de recursos ampliaram suas apostas otimistas no boi pela primeira vez em quatro semanas.

"Com toda a honestidade, nós na verdade não tivemos inverno e isso permitiu manter a viabilidade de uma série de opções de churrasco", disse Don Close, vice-presidente de pesquisa de alimentos e agronegócio do Rabobank International em St. Louis, EUA, onde ele viu temperaturas de até 27 graus Celsius em fevereiro. "Temos tido um movimento sólido de itens mais baratos e preservado uma boa folga nos itens de alto padrão."

Série de ganhos

Os aumentos dos preços da carne bovina impulsionaram o mercado do boi. Os futuros do boi negociados em Chicago registraram o terceiro ganho semanal seguido, subindo 0,9 por cento, para US$ 1,15975 a libra, na mais longa série de ganhos de 2017. Os preços mudaram pouco no ano.

Os gestores de fundos estão posicionados para mais ganhos. A posição comprada do boi, ou a diferença entre as apostas no aumento dos preços e as apostas no declínio, subiu 1,3 por cento, para 98.170 futuros e opções, na semana que terminou em 28 de fevereiro, segundo dados da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos EUA divulgados três dias depois.

Os norte-americanos fãs de churrasco podem agradecer às temperaturas mais elevadas que o normal da superfície do mar na parte mais ocidental do Atlântico e no Golfo do México pelo clima primaveral. Houve também mais ventos vindos do sul, que sopraram calor para o norte. Até sexta-feira, haviam sido estabelecidos 6.172 recordes de temperaturas altas diárias nos últimos 30 dias nos EUA, segundo os Centros Nacionais de Informação Ambiental do país. Em contrapartida, houve apenas 281 recordes de frio. O primeiro dia oficial de primavera é 20 de março.

Os preços dos animais no mercado de boi à vista estão tão bons que os criadores os estão mandando ao mercado em vez de engordá-los por mais tempo, disse Close. Os animais estão chegando ao abatedouro mais leves, com pesos médios 0,7 por cento inferiores aos de um ano atrás na semana que terminou em 4 de março, segundo dados do governo. Os pesos menores estão ajudando a compensar os crescentes níveis de abate semanais, que estão cerca de 8 por cento maiores que no ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos