Bolsas

Câmbio

Fraldas de adultos ajudam fabricantes de papel dos EUA

Jen Skerritt

(Bloomberg) -- Os adultos que usam fraldas estão ajudando a abatida indústria do papel dos EUA.

À medida que a população envelhece, as vendas de produtos de higiene absorventes, que se tornaram mais confortáveis e discretos, estão aumentando. A previsão é de que a demanda crescerá 4 por cento em 2017, de acordo com a ERA Forest Products Research, o que eleva as perspectivas para empresas como International Paper e Domtar. Elas estão ampliando a produção da fibra que absorve a umidade, conhecida como celulose tipo fluff, usada em fraldas e tampões.

Essa mudança está dando um alívio bem-vindo para um setor prejudicado pelo surgimento da era digital e das comunicações sem papel. As fabricantes norte-americanas estão expandindo a produção de celulose fluff e o mercado da celulose tradicional está diminuindo. Os preços subiram nos últimos meses e a previsão é de mais ganhos em março, de acordo com a Bloomberg Intelligence.

"O mercado com crescimento mais rápido é o da incontinência em adultos", disse Kevin Mason, diretor administrativo da ERA Forest Products Research em Kelowna, Columbia Britânica. "A geração que está entrando nessa área vai ajudar a aumentar a demanda geral."

As vendas de varejo nos EUA de produtos direcionados à incontinência em adultos chegaram a quase US$ 2 bilhões em 2016 e segundo a projeção, elas aumentarão mais 9 por cento em 2017 e 8 por cento em 2018, disse Svetlana Uduslivaia, diretora de pesquisa do setor da Euromonitor International. Fabricantes de papel do sul dos EUA, como a International Paper, com sede em Memphis, Tennessee, deverão se beneficiar, porque produzem quase 90 por cento da celulose tipo fluff do mundo.

Envelhecimento da população

Em 2012, em todo o mundo havia 562 milhões de pessoas com 65 anos ou mais. Esse número aumentou quase 10 por cento até 2015, de acordo com o Escritório do Censo dos EUA. À medida que as pessoas nascidas entre 1946 e 1964 entram nesse grupo, o crescimento acelera. A previsão é de que o grupo populacional de idosos vai chegar a 1,6 bilhão por volta de 2050. Por sua vez, a demanda por celulose fluff crescerá em torno de 3 por cento ao ano, estima a Domtar.

A Domtar investiu cerca de US$ 160 milhões para transformar a produção de papel em produção de celulose fluff no Arkansas. Isso ajudará a dobrar a capacidade de celulose fluff, para 980.000 toneladas, segundo a Bloomberg Intelligence. A companhia agora é a terceira maior produtora, atrás da International Paper e da Georgia-Pacific, que é controlada pela Koch Industries. A transição para a celulose fluff provavelmente aumentará seus resultados por ação em cerca de 4 por cento em 2017 e 3 por cento em 2018, de acordo com a Bloomberg Intelligence.

A International Paper, maior fabricante de papel do mundo, também está expandindo sua unidade de celulose tipo fluff. A companhia adquiriu a divisão de celulose da Weyerhaeuser por US$ 2,2 bilhões no ano passado. A empresa também adaptou sua fábrica em Riegelwood, Carolina do Norte, à produção de celulose fluff e de madeira mole, e conseguiu gerar aumentos de preço para os produtos, disse Glenn Landau, vice-presidente sênior de finanças, em uma conferência de resultados em fevereiro. A companhia preferiu não fazer mais comentários sobre sua unidade de celulose.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos