Bolsas

Câmbio

Marca aposta em vodca com caviar para ganhar mercado de bebidas de luxo

Thomas Buckley

  • Getty Images

(Bloomberg) -- Caviar e vodca são a harmonização mais luxuosa entre alimentos e bebidas, mas colocar as ovas de esturjão no destilado é sinônimo de desastre. O caviar explode e deixa o líquido esbranquiçado e com cheiro de podre.

A Pernod Ricard acaba de lançar uma nova vodca em Londres que busca enfrentar o problema -- a 175 libras (US$ 213) a garrafa de 200 mililitros. A destilaria francesa recorreu a uma tecnologia patenteada do setor de cuidados com a pele que permitiu que a empresa colocasse de forma segura caviar revestido com uma película aquosa na garrafa, com infusão de notas de manteiga e avelã.

Esta é a primeira inovação de um destilado saída de um laboratório experimental da Pernod Ricard escondido em uma rua secundária de paralelepípedos de Paris. Em um escritório estilo startup com goteiras e prateleiras cheias de manuais sobre misturas de coquetéis com maconha, oito pesquisadores levam adiante uma tarefa inspirada no Vale do Silício: revolucionar o futuro do negócio de bebidas alcoólicas.

A Pernod Ricard está tentando reanimar o negócio das vodcas, que se centra na marca Absolut, adquirida da empresa controladora sueca Vin & Sprit em 2008. Nos últimos anos, a Absolut perdeu o status cult que tinha nos anos 1980, quando a marca pediu que Andy Warhol ilustrasse suas publicidades e se tornou a vodca importada mais vendida dos EUA.

Em 2015, quando as vendas caíram para 11 milhões de caixas de garrafas de 750 ml, contra 11,5 milhões de caixas dois anos antes, a Pernod Ricard realizou a baixa contábil do valor da Absolut.

A nova marca, chamada L'Orbe, reflete os desafios de inovação de um setor no qual os métodos básicos de produção mudaram pouco ao longo dos anos. Com a desaceleração das vendas das marcas de bebidas populares nos mercados desenvolvidos e as dificuldades econômicas maiores no mundo emergente, que impulsionaram o crescimento, a Pernod Ricard e outras destilarias estão buscando uma sofisticação, tentando vender suas bebidas a um preço mais elevado.

100 mil garrafas até 2020

Para sua vodca com infusão de caviar, a Pernod Ricard patenteou uma tecnologia desenvolvida pela Capsum, uma fornecedora de cosméticos com sede na Riviera Francesa.

Até 2020, a Pernod Ricard buscará vender 100 mila grrafas de L'Orbe, produzidas em sua destilaria da Absolut na Suécia e com sabor de ovas de esturjão da marca francesa Sturia.

Embora a estratégia não cause um impacto imediato em relação às 130 milhões de garrafas de Absolut vendidas anualmente, trata-se de um passo importante para provar que a companhia está adotando uma nova forma de pensar para dar vida nova a categorias em dificuldades, disse Alain Dufosse, que lidera a equipe de inovação de Paris.

"Em comparação com a vodca premium ou até mesmo com a ultrapremium, estamos realmente em um espaço muito de nicho", disse Dufosse, em entrevista, preferindo não comentar sobre o orçamento da equipe de inovação. "A vodca é um segmento muito disputado. Está se tornando extremamente competitivo, mas esta é uma infusão que ninguém é capaz de realizar, a menos que tenha a tecnologia."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos