Bolsas

Câmbio

Jovens estão na mira de primeiro banco digital da Argentina

Charlie Devereux

(Bloomberg) -- Eduardo Eurnekian, proprietário da maior operadora de aeroportos do mundo, pretende abrir o primeiro banco completamente virtual da Argentina para atrair jovens frustrados com a papelada exigida pelos bancos existentes.

O banco é uma parceria entre Eurnekian, o ex-presidente do Banco de la Provincia Guillermo Francos e Juan Carlos Ozcoidi, disse Francos em uma entrevista, na segunda-feira. O grupo solicitou uma licença no fim do ano passado e aguarda aprovação do banco central, disse Francos. Walap, como a startup será conhecida, começará com um capital de US$ 10 milhões e buscaria elevá-lo a US$ 100 milhões em depósitos dentro de um ano com uma base de cerca de 50.000 clientes, disse ele.

O plano de Eurnekian se encaixa com a visão do presidente do banco central, Federico Sturzenegger, que tenta afastar os argentinos do dinheiro em espécie e aproximá-los dos bancos usando a tecnologia. Lembranças de diversas crises bancárias, incluindo o maior calote soberano do planeta em 2001, e os altos níveis de sonegação de imposto significam que apenas 50 por cento dos argentinos tinham uma conta bancária em 2014, de acordo com um relatório do Banco Mundial. A proporção contrasta com 68 por cento no Brasil e 63 por cento no Chile.

"Você tem baixos níveis de utilização dos bancos, altos custos operacionais nos bancos tradicionais e o surgimento dos smartphones", disse Francos, acrescentando que não haverá nenhuma agência. "Quando você junta tudo isso, o resultado é um banco em seu telefone."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos