Bolsas

Câmbio

37% dos americanos dizem precisar de US$ 1 mi para aposentaria

Suzanne Woolley

(Bloomberg) -- Estabelecer uma meta para as reservas da aposentadoria nos EUA pode parecer um tiro no escuro. Como calcular as despesas, especialmente com saúde, para daqui a cinco, 10 ou 50 anos?

Não são poucos os que desistiram de fazer a conta. Apenas 41 por cento dos trabalhadores tentaram calcular quanto precisam economizar para se aposentarem confortavelmente.

E quanto àqueles que pensaram a respeito? Quando se pede que apontem de quanto precisariam, 37 por cento dos trabalhadores respondem US$ 1 milhão ou mais, segundo a mais recente (e a 27ª edição) da Pesquisa de Confiança na Aposentadoria do Employee Benefit Research Institute. A proporção é maior que a de 19 por cento que disseram que precisariam desse total há uma década. A pesquisa, realizada em janeiro, se baseia em perguntas feitas pela internet a 1.082 trabalhadores com 25 anos ou mais e a 589 aposentados.

O montante que as pessoas acreditam que precisarão sobe de acordo com a renda. Cinquenta por cento dos trabalhadores com renda familiar de US$ 75.000 ou mais afirmam que precisarão de pelo menos US$ 1 milhão, contra 17 por cento das famílias com renda abaixo de US$ 35.000.

O EBRI não possui dados a respeito de quantas pessoas realmente acabam se aposentando com uma reserva de US$ 1 milhão ou mais, mas conta com uma base de dados de planos 401(k) que cobre aproximadamente metade do mercado, e ela mostra que 10 por cento dos participantes do plano têm pelo menos US$ 200.000 guardados, disse Craig Copeland, pesquisador associado sênior do EBRI. Entre as pessoas que estão na casa dos 60 anos, a fatia é de 30 por cento. Ainda assim, trata-se de uma minoria muito pequena dos trabalhadores americanos.

Muitos jamais se aproximarão da marca de US$ 1 milhão sem empreenderem um enorme esforço para economizar. Indagados a respeito de suas reservas atuais, que não incluem o valor de uma residência principal ou um plano de pensão de benefício definido (modelo antigo), apenas 20 por cento dos trabalhadores disseram que haviam economizado US$ 250.000 ou mais. Quarenta e sete por cento haviam economizado menos de US$ 25.000 e 24 por cento das pessoas haviam economizado menos de US$ 1.000.

Os parâmetros básicos a respeito de quanto economizar para a aposentadoria são um ponto de partida para o planejamento. A economia é muitas vezes retratada como a porcentagem da renda pré-aposentadoria que você precisará para viver por ano. Muitas pessoas calculam 70 por cento ou 80 por cento, mas essa fatia pode ser baixa. O diretor de pesquisa do EBRI, Jack VanDerhei, sugeriu que as pessoas podem precisar de algo mais próximo de 100 por cento de sua renda pré-aposentadoria para viver -- considerando que não precisem de cuidados a longo prazo. Ele acha que muitas vezes subestimamos os custos médicos.

A Fidelity Investments pressupõe um fator de economia pelo qual você multiplica sua renda, em certas idades, para checar se está no caminho certo. Aos 45, você deveria ter pelo menos quatro vezes sua renda economizada; aos 55, sete vezes sua renda; aos 67, 10 vezes. Se você tem 67 anos e ganha US$ 150.000 por ano, por exemplo, deveria ter US$ 1,5 milhão guardados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos