Crie a bolsa perfeita para o cervo que você acabou de matar

Kyle Stock

(Bloomberg) -- É difícil encontrar a peça de roupa ou o acessório perfeito. Talvez seja longo demais, fino demais ou simplesmente pequeno demais para arrastar o animal que você acabou de matar.

Kuiu, uma próspera linha de roupas de camuflagem e apetrechos (inclusive "bolsas para caça"), espera resolver alguns desses problemas, ou pelo menos enfrentá-los. A companhia com sede em Dixon, Califórnia, acabou de lançar a GIRU, uma plataforma web que coleta designs de produtos dos consumidores.

Talvez "design" seja uma palavra exagerada. Na GIRU, solicita-se que os consumidores façam uma série de escolhas para um produto em particular ? qualquer coisa, como o tamanho dos bolsos, o material e a cor ? e que depois apoiem essa opção com um compromisso de compra. A configuração que obtiver mais "votos" entra em produção em um acordo que é meio Kickstarter, meio projeto especialíssimo têxtil.

"Vamos saber exatamente o que produzir, exatamente o que as pessoas querem e exatamente quantas unidades fabricar", disse o fundador da Kuiu, Jason Hairston. "No fim das contas, não desenvolveremos nenhum produto novo sem passar pela GIRU."

Para o setor de varejo, desesperado para prever a demanda e aperfeiçoar as redes de abastecimento, este experimento é tão prometedor quanto qualquer outro. Em qualquer ano, aproximadamente 15 por cento dos produtos do varejo são novos, o que significa que uma quantidade semelhante não conseguiu sobreviver ao ano anterior. Para cada tênis Adidas Stan Smith que faz sucesso durante décadas, há um outro que não passa de uma temporada, como o Curry Two "Chef" da Under Armour. Para cada iPhone, há um Samsung Note 7 (embora você talvez possa restaurá-lo).

Os fracassos custam caro, assim como as tentativas de evitá-los, que atualmente abarcam de grupos focais e testes A/B até a contratação de consultores de design de produto. Dan Fishback, que investe na GIRU, se familiarizou com a imprecisão das projeções na época em que dirigiu a DemandTec, uma unidade da IBM que usa matemática para prever a produção e o preço a partir de dados de transações do varejo. "Um gestor de marca é uma estrela do rock em um ano e, no outro, ele está na pior, porque na verdade ele só está improvisando", disse Fishback. "GIRU é meio que para onde a bola vai".

E embora os comentários sobre o design sejam úteis, a GIRU também ajuda o marketing e as finanças. É que as pessoas costumam gostar de compartilhar suas opiniões na internet ? seja sobre a criação de uma política pública no Facebook ou sobre um poncho estiloso. A GIRU conta com botões para "compartilhar com amigos", e aqueles que participarem e comprarem receberão o produto antes que ele chegue ao mercado massivo, mais um incentivo para publicar no Instagram.

Ao mesmo tempo, enquanto a GIRU computa os votos de um determinado item, ela também financia a produção com aquele compromisso de compra inicial. Os custos de arrastar estoque e de cobrar dívidas ? dois grandes fardos para qualquer comerciante ? deixam de existir.

"Essencialmente, estamos virando todo o mercado de cabeça para baixo", explicou Hairston.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos