Bolsas

Câmbio

Como os homens podem usar listras horizontais com mais elegância

Troy Patterson

(Bloomberg) -- Gordon Gekko, que passou a existir há impressionantes 30 anos no filme "Wall Street: Poder e Cobiça", de Oliver Stone, deu muitas lições de vida memoráveis. "A ganância capta a essência do espírito evolucionário", por exemplo. E também: "almoçar é para os fracos".

Algumas de suas crenças ficaram marcadas na nossa consciência coletiva por sua inteligência, venalidade, estilo e verdade. Elas se enraizaram em particular no coração de seus admiradores mais fervorosos, ou pelo menos nos espaços impreenchíveis onde os corações deveriam estar.

Mas uma delas não: a ideia de que um homem pode usar uma camisa com listras horizontais no trabalho.

Dê uma olhada em uma foto dele e aprenda uma lição sobre elegância. Admire sua desenvoltura. Entenda sua energia incomum. Lembre-se de que Michael Douglas, interpretando Gekko, foi vestido pelo entusiasta das listras horizontais Alan Flusser, o especialista em moda masculina cujos livros são textos sagrados do vestuário do homem moderno. Será que finalmente chegou a hora de as camisas desse tipo entrarem na moda?

A sabedoria popular, refletida em conselhos de discussão sobre moda masculina como o Ask Andy, continua afirmando categoricamente que não. "Muito berrante", dizem eles, "muito espalhafatoso". Além disso, existe um mito persistente de que listras horizontais criam a ilusão de gordura, apesar do surgimento de pesquisas que demonstram exatamente o oposto. "Use roupas com listras horizontais", afirma a Psychology Today.

A revista, é claro, não é a única publicação a incentivar os consumidores nessa direção. Passaram-se sete anos desde que as listras da camiseta Breton, um padrão associado a marinheiros da Europa do final dos anos 1700, iniciaram a conquista naval do torso americano -- mulheres e crianças primeiro. Nesta primavera, os designers estão trazendo a nova vingança de vestir os homens como gondoleiros. Por isso, no fim de semana, vá adiante, independentemente de sua circunferência, sabendo que alguém, em algum lugar, está produzindo uma versão dessa camisa clássica que cairá bem em você.

Estou propenso a apostar que a ampla popularidade das listras horizontais em camisas masculinas informais conseguirá avançar com sucesso para o guarda-roupas menos casual. Na verdade, já apostei nisso, desde que sucumbi recentemente, em uma venda de amostras da Seize sur Vingt, ao fascínio travesso de uma camisa branca enfeitada com linhas azul-marinho finas e amplamente espaçadas. Bastante atraente e relativamente impraticável. Eu tenho um plano vago de combiná-la com um terno cáqui sólido e uma gravata de tricô simples. Um blazer azul e uma gravata de seda com minúsculas bolinhas também valem, aproveitando o estilo marítimo da estampa para conseguir um efeito garboso.

Esses detalhes particulares podem não funcionar para você, mas apontam para um princípio geral: a listra horizontal é uma maneira simples de fazer uma declaração poderosa. Quando ela aparece no contexto de um terno com gravata, muitas vezes o melhor é que o terno e a gravata sejam discretos. Relaxe. O estiramento dessas listras é uma visão relaxante. Seria um crime contra o ar delas se o visual ficar complicado ou espalhafatoso demais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos