Bolsas

Câmbio

Vá ao Campo Base do Everest ? só para o café da manhã

Nikki Ekstein

(Bloomberg) -- Em dezembro, chefs do Noma e do londrino Ledbury construíram o restaurante temporário de maior altitude do mundo no Campo Base do Monte Everest, no Nepal.

Parecia uma oportunidade que só surge uma vez na vida e, sob muitos aspectos, de fato era. Mas na verdade, se quiser, você pode ir tomar café da manhã no Everest praticamente todos os dias do ano. É só conhecer as pessoas certas.

Catherine Heald, da Remote Lands, vem planejando paradas rápidas no Everest para seus clientes desde dezembro. Eles vão de helicóptero de Kathmandu para o Campo Base Sul, onde exploram os arredores durante uma visita de 15 minutos (o máximo que um turista desacostumado consegue aguentar a 5.486 metros de altitude). Depois, seguem de helicóptero para o pico adjacente, Kongde Ri, onde Yeti Mountain Home, a hospedaria de luxo de maior altitude do planeta, a 3.962 metros, põe a mesa para um piquenique privado com champanhe, com vista total para o Everest. Nicola Shepherd, da Explorations Co., também organiza viagens matinais a Yeti, sem a parada no Campo Base; ela disse que prefere não correr o risco de avalanche.

As duas empresas trabalham com o mesmo fornecedor para conduzir essa aventura: Tashi Tenzing Sher, neto do xerpa Tenzing Norgay, que, junto com Edmund Hillary, deu os primeiros passos no topo do Everest em 1953.

"Ele mesmo já escalou o topo do Everest algumas vezes", disse Shepherd, "então, enquanto vocês estão sobrevoando a área, ele explica em primeira mão tudo o que isso significa. Ele realmente faz com que você viva a situação."

A logística

Tanto Shepherd quanto Heald tendem a reservar os cafés da manhã no Everest para pacotes maiores ? 10 dias de caminhadas pelo Nepal, na maioria das vezes ?, mas é possível reservar esse passeio à la carte. Heald cobra US$ 10.000 por grupos de até três pessoas; Shepherd cobra US$ 7.163 por duas pessoas. Viagens completas de 10 dias custam em torno de US$ 25.000 (à exceção dos helicópteros, tudo é barato no Nepal).

Duas coisas são imprescindíveis. Primeiro, sua saúde: embora os visitantes não passem muito tempo em grandes altitudes, pessoas com problemas cardíacos ou pulmonares podem ter dificuldades com a elevação. Quanto ao hotel, o melhor é começar em Kathmandu, onde um helicóptero AS350 buscará você de manhã cedo ? a partir das 6h30, dependendo da previsão do tempo. Dali, são 45 minutos para voar em torno do Everest e aterrissar em Kongde Ri, sem incluir a parada opcional no Campo Base Sul.

O café da manhã em si é uma refeição privativa e requintada que inclui ovos com bacon e salsicha, croissants e geleia feita com frutas nepalesas, além de muito Moët & Chandon, tudo servido por uma talentosa equipe de xerpas. Mas você não vai lá pela comida, você vai pela paisagem inesquecível.

"É o mais perto que se pode chegar do Everest sem estar nele", disse Shepherd sobre estar em Kongde Ri. "Ninguém vai mais perto."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos