Bolsas

Câmbio

Cruzeiro pelo Caribe evita que você coma em excesso

Justin Bachman

(Bloomberg) -- No começo de maio, a Weight Watchers International, conhecida no Brasil como Vigilantes do Peso,organizará um cruzeiro pelo Caribe com a temática de bem-estar e duração de sete noites a bordo do MSC Divina, com capacidade para 4.300 passageiros, que zarpará de Miami.

Sim, é isso mesmo: uma companhia dedicada à perda de peso está unindo forças com um fornecedor de enormes buffets para comercializar cruzeiros como uma opção de férias viável para quem pretende emagrecer. E muita gente luta sem sucesso contra os quilos a mais. Nos EUA, mais de um terço da população é clinicamente obesa, de acordo com os Centros para o Controle e a Prevenção de Doenças desse país.

Como o Vigilantes do Peso está deixando de ser puramente um empreendimento para a perda de peso e se transformando em uma empresa de saúde e bem-estar, a ideia de embarcar em seu primeiro cruzeiro era uma atitude lógica, disse Ryan Nathan, vice-presidente de produtos, licenciamento e comércio eletrônico da companhia.

"Pesquisamos muito e analisamos nossa base de membros, e nossos integrantes de fato são a base dos cruzeiros", disse Nathan. O integrante típico do Vigilantes do Peso é mulher, de 40 a 60 anos de idade, com uma média de renda familiar um pouco acima da média dos EUA. O cruzeiro "não é um acampamento para emagrecer", disse ele, e a companhia não estabelecerá metas para os membros que definam que a viagem seja para perder peso, mantê-lo ou conservar em um patamar mínimo qualquer ganho de peso durante o cruzeiro.

Apesar da abundância de alimentos, bebidas e indolência que as linhas de cruzeiro do mercado de massas vendem, uma semana no Caribe também oferece a oportunidade de adotar a abordagem oposta: dormir bem, praticar mais exercícios e analisar mais opções gastronômicas, com almoços e jantares mais relaxados do que a maioria das pessoas tem em casa. A embarcação também oferece aos membros uma bicicleta ergométrica com vista para o nascer do sol e uma pista de corrida no deck ao ar livre, disse Rick Sasso, presidente do conselho da MSC North America.

"Para nós, é natural encarar essa empreitada para mostrar a nossos membros que eles podem se divertir e se alimentar bem", disse Nathan. "Você não precisa sentir que a dieta é uma privação."

A companhia, em que a apresentadora de TV Oprah Winfrey possui uma participação de quase 15 por cento, reformulou seu foco empresarial no fim de 2015 com a campanha "+ Leve", cujo objetivo é ajudar os clientes a "mudar a mentalidade" da perda de peso à aptidão física como um todo, para estimular, por exemplo, que eles se tornem menos sedentários e que se alimentem melhor. A empresa com sede em Nova York afirmou que seus integrantes perderam 15 por cento mais peso nos dois primeiros meses depois do começo do novo programa nos EUA, em comparação com os resultados anteriores a ele.

Os preços do cruzeiro da MSC começam a partir de US$ 945, e todas as 500 cabines do bloco do Vigilantes do Peso no navio foram vendidas, disse uma porta-voz do Vigilantes do Peso. A MSC ficou impressionada com a rapidez com que metade do bloco do Vigilantes do Peso esgotou, disse Sasso. Um segundo cruzeiro de ambas as companhias está programado para novembro, e é provável que haja outros no futuro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos