Bolsas

Câmbio

Bilionário venderá quadro de Basquiat por US$ 28 mi, dizem fontes

Katya Kazakina

(Bloomberg) -- O bilionário gestor de recursos Steven A. Cohen venderá uma valiosa pintura de Jean-Michel Basquiat na Christie's em maio, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

Intitulado "La Hara", o trabalho de 1981 retrata um policial branco. Ele deverá estar entre os principais lotes do leilão de arte do pós-guerra e contemporânea da Christie's em Nova York, em 17 de maio. Pintada em um painel de madeira, a obra tem valor estimado em US$ 22 milhões a US$ 28 milhões, informou a Christie's.

A iminente rodada de leilões semianuais de Nova York, no mês que vem, será um teste crucial para o mercado das artes após uma contração em 2016. As vendas globais em leilão caíram 26 por cento no ano passado, para US$ 22,1 bilhões, segundo um relatório recente do UBS Group e da organização Art Basel. Mas o mercado parece estar melhorando: em março, a Sotheby's e a Christie's viram uma recuperação em seus leilões londrinos de arte impressionista, moderna, do pós-guerra e contemporânea frente à crise do ano passado.

"Este é um dos poucos trabalhos de homens brancos de Basquiat", disse Alex Rotter, presidente de arte do pós-guerra e contemporânea da Christie's na América. "Além disso, este quadro tem um aspecto político."

Rotter preferiu não comentar sobre a identidade do vendedor do Basquiat. O porta-voz de Cohen, Jonathan Gasthalter, também preferiu não comentar.

Policial

A obra de 1,82 de altura mostra uma figura esquelética branca com um quepe diante de um fundo vermelho. Ela é marcada diversas vezes com a inscrição "LA HARA", que a Christie's descreveu como um jogo de palavras com o termo porto-riquenho "jara", uma gíria para polícia, e o sobrenome "O'Hara", considerado comum nas forças policiais de Nova York nos anos 1940 e 1950.

A casa de leilões garantiu ao vendedor um preço mínimo não revelado, independentemente do resultado. O trabalho alcançou US$ 341.000 em 1989 na Sotheby's, segundo a Artnet, e depois foi vendido a Cohen de forma privada.

Basquiat fez 21 anos no ano em que pintou "La Hara", um momento crucial em que fez a transição de artista de rua para sensação do mundo das artes. Naquele ano, ele começou a trabalhar no porão da galeria de Annina Nosei, no SoHo, em Nova York.

Cohen, 60, cujo patrimônio líquido é estimado em US$ 12,1 bilhões, segundo o Bloomberg Billionaires Index, pagou US$ 141,3 milhões por uma escultura de um homem apontando o dedo de Alberto Giacometti em maio de 2015. Seis meses depois, vendeu o retrato "Mao" de Andy Warhol por US$ 47,5 milhões na Sotheby's e a tela em forma de ovo e com cor de gema de Lucio Fontana por US$ 29,2 milhões na Christie's.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos