Bolsas

Câmbio

Modismos hipsters encarecem café da manhã nos EUA e no Canadá

Julie Verhage

  • Reprodução/Instagram

(Bloomberg) -- Os hipsters foram culpados por polarizar tendências, dos jeans ao pelo facial. Agora, eles estão deixando o café da manhã mais caro.

A culpa é das chamadas torradas unicórnio, cujo rápido ganho de popularidade contribuiu para o aumento dos preços do queijo cremoso. Há também outros modismos, como a torrada com abacate e bebidas exóticas com café, que elevaram os custos do abacate e dos grãos de baunilha. Até mesmo a couve-flor, item básico nas dietas veganas adotadas por alguns hipsters, está perto de uma alta recorde.

A torrada unicórnio é uma fatia de pão untada com queijo cremoso e vários colorantes de alimentos ou superpós alimentícios misturados, e o Instagram está adorando. Infelizmente recriar a opção não é barato porque os preços do queijo cremoso subiram 31% nos últimos 12 meses.

Abacate, couve-flor, baunilha

A situação é ainda pior com o abacate, já que uma caixa de 10 quilos de abacates Hass do estado de Michoacán, o maior produtor do México, atualmente custa mais de duas vezes a mais do que há um ano e tem o preço mais elevado em 19 anos.

A ascensão da couve-flor de vegetal secundário para queridinho da dieta vegana e livre de glúten já contribuiu para a disparada dos preços ao consumidor no Canadá. Nos EUA, os preços triplicaram em pouco mais de um ano, graças em grande parte a receitas da moda como arroz com couve-flor e pizza com massa de couve-flor. O preço do vegetal caiu em relação ao seu pico, mas ainda está mais alto do que a média histórica.

O aumento do preço da baunilha pode ser atribuído mais ao setor corporativo dos EUA, mas os hipsters não podem ser totalmente absolvidos. A tentativa do Starbucks de explorar o apetite aparentemente insaciável por tudo o que é "unicórnio" -- alguém aí quer um Frappuccino? -- deixou o custo do grão a uma distância impressionante de um recorde.

Starbucks

E o próprio Starbucks está próximo de altas históricas ao lucrar com essas tendências. Quando divulgou seus resultados, no fim da semana passada, a companhia destacou o sucesso de seu Unicorn Frappuccino.

Se o Starbucks servir de exemplo, a rápida capitalização dessas tendências populares por grandes empresas não desaparecerá.

"O que aconteceu com o Unicorn gerou um tráfego significativo, incrementalidade, percepção e afinidade de marca", disse o presidente do conselho da Starbucks, Howard Schultz, em conferência para discutir o balanço mais recente da companhia. "Fiquem ligados porque temos muito mais pela frente." 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos