Amazon supera Google em disputa por alto-falante ativado por voz

Spencer Soper

(Bloomberg) -- A Amazon.com dominará o Google no mercado de alto-falantes ativados por voz nos próximos anos por causa do sucesso estrondoso do Echo, de acordo com uma projeção da empresa de pesquisa eMarketer.

Mais de 35 milhões de americanos falarão a esses alto-falantes conectados à internet pelo menos uma vez por mês neste ano, mais que o dobro do número em 2016, e os jovens adeptos à tecnologia lideram a adoção, afirmou a empresa em sua primeira projeção sobre esse próspero mercado. Cerca de 71 por cento usarão aparelhos Echo, e o alto-falante Google Home ficará atrás, com 24 por cento.

A Amazon continuará sendo o ator dominante nos próximos dois anos, mesmo que o Google consiga reduzir a diferença entre ambos, porque obteve uma grande vantagem inicial, afirmou Martin Utreras, analista da eMarketer.

"Os consumidores estão ficando cada vez mais à vontade com essa tecnologia, que está dando impulso ao envolvimento", acrescentou ele. "À medida que os preços caem e os recursos aumentam, os consumidores encontram mais motivos para elevar a adoção."

Em 2014, a Amazon lançou, o Echo, um alto-falante cilíndrico que possibilita que os usuários ouçam música por streaming, reduzam a iluminação e peçam pizza com comandos de voz. Os aparelhos custam entre US$ 50 e US$ 200 e se tornaram um surpreendente sucesso para uma companhia que enfrentou dificuldades com algumas de suas outras iniciativas no campo do hardware de consumo. Google, da Alphabet, reagiu com o aparelho Home, de US$ 115, dois anos depois. Ambos estão voltados para o uso doméstico, quando as pessoas talvez não tenham um smartphone à mão e onde a portabilidade não é uma questão. Os assistentes ativados por voz, como Siri, da Apple, normalmente são usados através de smartphones.

A Amazon vai "redobrar" seus investimentos nos aparelhos Echo e no sistema subjacente ativado por voz Alexa neste ano, afirmou o CEO Brian Olsavsky em uma conferência de resultados recente.

A companhia anunciou em abril a mais nova versão do Echo, chamada Echo Look, uma câmera de US$ 200 que dispensa o uso das mãos, criada para closets que tira fotos e filma através de comandos de voz para que os usuários possam avaliar o próprio visual de todos os ângulos. O aparelho também permite que os usuários enviem fotos de duas opções de roupa para receber uma recomendação sobre qual é a melhor. A companhia em breve revelará um novo Echo que vem com uma tela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos