Bolsas

Câmbio

Porsche 911 Turbo Cabriolet 2017: US$ 182.000 em velocidade

Hannah Elliott

(Bloomberg) -- Quem muito fala geralmente pouco faz.

E quem muito faz? Esse não precisa falar.

Essa é uma regra que se aplica a tudo, dos esportes aos conselhos de administração. Aplica-se também ao que você veste e dirige. Se você tem um carro especial, não há necessidade de fazer barulho. As pessoas que você quer que entendam? Elas entenderão. Não é preciso gastar seu latim com mais ostentação.

O amante secreto

Isso me leva ao Porsche 911 Turbo Cabriolet I 2017 que eu dirigi recentemente em Los Angeles. A US$ 182.000 (incluindo opcionais como "pacote de design leve" para o interior, de US$ 510, e comissões), trata-se de um carro bastante caro. Do lado de fora, contudo, ele parece basicamente o mesmo, tirando algo de ventilação, que o Porsche 911 Cabriolet que custa US$ 80.000 menos.

Além disso, ele parece mais moderado do que outros dessa categoria: o sexy e rápido Audi R8 Spyder (US$ 175.100) e o belo clássico Mercedes-Benz AMG S63 Cabriolet (US$ 176.400).

Em comparação com esses dois conversíveis, que transmitem sua capacidade de direção com traseiras reforçadas, aberturas laterais que parecem abranger toda a largura do carro e grades tão brilhantes quanto os dentes de Little Wayne, o 911 Turbo Cab parece um carro humilde, mundano até.

Mas apenas para olhos destreinados. Na verdade, o Porsche 911 Carrera Turbo Cabriolet 2017 chega mais rápido a 60 mph (96 km/h) do que esses dois carros (3,0 segundos, contra 3,5 e 3,8 do Audi e do Mercedes, respectivamente). O Porsche domina também o segmento de alto nível em velocidade máxima (318 km/h), torque (72,27 mkgf) e controle de direção (ele te faz sentir um deus das corridas de carro).

E ele tem também mais eficiência de combustível do que outros conversíveis chamativos. Com seu espaço interior, vale usá-lo no dia a dia, e, com a citada eficiência relativa de combustível, você pode até vir a considerá-lo prático (obviamente, "você" não é qualquer um).

O Porsche que você já conhece e confia

O motor de seis cilindros boxer twin turbo de 3,8 litros da Porsche é responsável por boa parte dessa personalidade. É o mesmo que conhecemos e amamos do 911 Turbo Coupe, mas melhorado com 20 cavalos de potência acima do modelo conversível do ano passado. O 911 Turbo Cabriolet é leve o suficiente (1.670 quilos, contra mais de 2.100 do Mercedes, por exemplo) para acelerar com um coração menor e eficiente.

É quase impossível dizer algo novo sobre como o (agora mítico) 911 se envolve com a estrada à medida que você o dirige. Este é um carro que possui um fator X muito superior ao informado por suas características colocadas no papel. Você sempre se lembrará de como se sentiu atrás do volante na primeira vez em que o dirigiu.

Eu adoro que esse carro seja tão discreto em relação à sua qualidade. Ele não tem nada a provar, não precisa de publicidade. E o fato de que a maioria das pessoas não suspeitará nem de sua capacidade nem de seu custo é o principal motivo final para comprá-lo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos