Títulos verdes do Brasil devem ter venda recorde em 2017

Vanessa Dezem e Gerson Freitas Jr.

(Bloomberg) -- O Brasil deve vender neste ano um recorde de US$ 5 bilhões em títulos de dívida 'verdes', os chamados green bonds, apesar das incertezas criadas pela turbulência política, segundo a Climate Bonds Initiative.

As captações devem ser feitas principalmente para financiar projetos de agricultura e infraestrutura sustentáveis, afirma Sean Kidney, CEO da Climate Bonds Initiative, uma organização com sede no Reino Unido que busca mobilizar o mercado de capitais para o financiamento de soluções de baixo carbono.

"Conversamos com fundos de pensão e de investimento, e eles estão interessados em títulos verdes", disse Kidney, em entrevista, em São Paulo. "Há muitas distrações no Brasil, como corrupção e problemas políticos, mas o país logo terá seu momento."

Os projetos sustentáveis brasileiros já levantaram US$ 1,76 bilhão por meio de títulos verdes neste ano, captação liderada pela emissão de US$ 1 bilhão em papéis com prazo de sete anos pelo BNDES. Globalmente, o mercado de títulos verdes deverá quase duplicar neste ano, atingindo US$ 150 bilhões, segundo estimativas da Climate Bonds Initiative.

Ações, títulos de dívida e a moeda brasileira perderam valor nas últimas semanas, depois que Supremo Tribunal Federal autorizou a abertura de um inquérito contra Michel Temer em meio a suspeitas de que o presidente atuou para obstruir investigações criminais.

"Não há capital suficiente no Brasil para atender sua transição para uma economia verde, e os títulos verdes são uma oportunidade de atrair dinheiro para isso", disse Kidney.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos