Bolsas

Câmbio

Apple planeja lançar alto-falante controlado por Siri, dizem fontes

Mark Gurman e Alex Webb

(Bloomberg) -- A Apple já está em seu bolso, em sua mesa de trabalho e embaixo de sua televisão. Em breve, um dispositivo com as palavras "Criado pela Apple na Califórnia" em relevo poderá estar também em seu criado-mudo ou na bancada de sua cozinha.

A fabricante do iPhone começou a produzir um alto-falante inteligente controlado por Siri, que vem sendo planejado há muito tempo, de acordo com pessoas com conhecimento do assunto. A Apple pode divulgar o alto-falante já em sua conferência anual de desenvolvedores, em junho, mas o aparelho só estará pronto para o mercado no fim do ano, disseram as pessoas.

O dispositivo se distinguirá dos alto-falantes Echo, da Amazon, e Google Home, da Alphabet, oferecendo tecnologia de áudio de surround virtual e profunda integração com a linha de produtos Apple, disseram as pessoas, que pediram anonimato por discutir produtos que ainda não foram divulgados.

O lançamento de um alto-falante tem dois objetivos principais: proporcionar um centro para automatizar eletrodomésticos e luzes através do sistema HomeKit, da Apple, e estabelecer um bastião dentro da casa dos consumidores para vinculá-los ainda mais à rede de serviços da Apple. Isso ajudaria a combater a ameaça dos alto-falantes conectados das concorrentes Google e Amazon: Home e Echo não são compatíveis com a maioria dos serviços da Apple. Sem um equipamento compatível, os usuários podem estar mais propensos a optar pelo Echo ou pelo Home e, portanto, a usar ofertas de música por streaming como Spotify, Amazon Prime Music ou Google Play, em vez de Apple Music.

"Esta será uma plataforma para desenvolver os serviços da Apple", disse Gene Munster, um dos fundadores da Loup Ventures e ex-analista da Apple.

Trudy Muller, porta-voz da Apple, preferiu não comentar.

O CEO Tim Cook enfatizou as unidades de serviços da Apple nos últimos 18 meses diante da queda nas vendas do iPhone. Ele espera que as receitas de serviços, que totalizaram US$ 24 bilhões no ano passado, dobrem até 2020. Um alto-falante pode ajudar a manter os clientes fiéis aos produtos de serviços, como Apple Music, uma oferta de streaming de música por assinatura que custa US$ 10 por mês. O alto-falante provavelmente entrará na categoria "Outros produtos" da Apple, que atualmente inclui dispositivos como Apple Watch, Apple TV e AirPods. Esse conjunto de produtos gerou US$ 11 bilhões em vendas no ano passado.

A Inventec, fabricante de Taipei que já produz os fones de ouvido sem fio AirPod, irá adicionar o alto-falante ao repertório da Apple, disseram as pessoas. Funcionários da Apple estiveram testando secretamente o aparelho em suas casas durante vários meses, disseram elas. O alto-falante Siri entrou na etapa de protótipo avançado no fim do ano passado, informou a Bloomberg News na época. Um representante da Inventec não respondeu a um pedido de comentário realizado fora do horário comercial em Taiwan.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos