Bolsas

Câmbio

Blogueiras dão impulso a cosméticos da Estée Lauder na China

Daniela Wei

(Bloomberg) -- Jovens chinesas estão se tornando as maiores rainhas de beleza do mundo, graças ao poder da internet.

Dicas de maquiagem e estilo oferecidas por blogueiras populares estão inspirando mulheres do fim da adolescência até o início dos 30 a esbanjar 585 yuans (US$ 86) em um batom Tom Ford e 1.350 yuans em um pó compacto de 8 gramas de base iluminadora da La Mer pela internet. Essa demanda ajudou a impulsionar um salto de 20 por cento nas vendas da Estée Lauder na China no trimestre finalizado em março. O país se tornou o mercado de cosméticos de crescimento mais acelerado do grupo com sede em Nova York.

"Antigamente, as mulheres chinesas não usavam base, rímel nem sombra de olho", disse Fabrice Weber, presidente da Estée Lauder na região Ásia-Pacífico, em uma entrevista em Hong Kong. "Hoje, isso é perfeitamente aceitável. As jovens não têm nenhuma inibição para pensar que precisam ter um visual deslumbrante."

Weber acredita que isso se deve ao poder das redes sociais. A geração Y, composta por pessoas de 18 a 30 anos, contribui com 35 por cento a 40 por cento das vendas da Estée Lauder na China, disse ele. Essa proporção nas vendas é maior que a venda média entre as jovens, globalmente. Além disso, as jovens são as principais compradoras das marcas mais caras da empresa.

O crescimento das vendas na China, assim como no segmento varejista de viagens, que foi impulsionado pelas visitas de consumidores da classe média chinesa ao exterior, ajudará a Estée Lauder a alcançar a líder do setor no país, a L'Oréal. No segmento de cosméticos premium, onde a Estée Lauder posiciona seus produtos, a companhia tem uma participação de mercado de 14 por cento, enquanto a L'Oréal lidera com uma fatia de 21 por cento, de acordo com dados da empresa de pesquisa de mercado Euromonitor International.

As vendas varejistas de cosméticos de todas as empresas totalizarão US$ 7,4 bilhões na China em 2021, contra US$ 4,3 bilhões no ano passado, segundo projeções da Euromonitor. O motor desse crescimento são os sites de redes sociais, como Weibo, Youku, iQiyi e Tudou, onde cada vez mais as mulheres buscam tutoriais de maquiagem, sobre, por exemplo, como passar sombra nos olhos e destacar as maçãs do rosto.

Perfume de verão

Em Xangai, uma blogueira que usa o nome Annie_uu compartilha dezenas de retratos de si mesma, além de imagens de cosméticos, acessórios de moda e fotos das férias pelo Weibo com seus 650.000 seguidores. Entre os produtos que ela elogiou recentemente estão o SK-II Facial Treatment Essence, que ela usou para evitar queimaduras de sol durante uma viagem ao Grand Canyon, Arizona, nos EUA, um batom Dior inspirado na atriz Jennifer Lawrence e o perfume Jo Malone, da Estée Lauder, que, segundo ela contou aos seguidores em 20 de maio, "tem o cheiro do verão e faz você pensar em Londres".

"As marcas internacionais de cosméticos agora estão correndo para a China, disputando acirradamente o mercado, especialmente os consumidores jovens", disse Catherine Lim, analista do varejo da Bloomberg Intelligence em Singapura. Em comparação com as jovens mais sofisticadas do Japão e dos EUA, as chinesas são menos fiéis às marcas e mais facilmente influenciadas por blogueiras de beleza a experimentar novos produtos, disse ela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos