Bolsas

Câmbio

Como levar elegância de clubes sociais de Londres para casa

Geoff Nudelman

(Bloomberg) -- Os designers Elliot March e James White compartilham uma abordagem similar e casual para chegar à elegância. Para abrir espaço para um recanto para cavalheiros semelhante a um clube, eles começam dividindo-o em espaços íntimos, encontram formas de usar traços de metal e couro e incorporam móveis suaves, mas duráveis.

A empresa deles, a March & White, construiu sua reputação desenhando interiores impressionantes para dois dos clubes mais privados de Londres, o Devonshire e o Club Café Royal, juntamente com diversos projetos de iates privados e residências. Eles conhecem seus lounges.

A dupla também ganhou negócios com clientes como Simon Cowell, e o estão ajudando a desenhar uma "casa monocromática contemporânea com um toque de arte déco", segundo White. Apesar de normalmente trabalharem com clientes dessa estatura e orçamento, boa parte da sensibilidade do design é acessível para aqueles que querem levar um pedaço desses clubes históricos para o seu espaço pessoal.

"Há espaço para tudo nos nossos projetos -- elementos que você comprará em uma loja ou pela internet, mais elementos artesanais. O importante é trabalhar nos detalhes onde for possível", diz White.

No momento em que a dupla está lançando dois escritórios nos EUA -- um em Nova York e outro em Los Angeles --, conversamos com eles para conhecer suas ideias para transportar o design do Devonshire e do Club Café Royal para uma residência.

Como equilibrar energias masculina e feminina em um cômodo

"Para nós, isso está nos detalhes", diz March, em referência ao carpete feito sob medida e às almofadas do lounge para coquetéis do Devonshire. Móveis vibrantes podem combinar bem com ambos os lados do espectro, como é o caso dessa lâmpada de "flamingo". Ela ecoa as leves plumas da criatura e minimiza os tons de outros acessórios do lounge. "Existe um equilíbrio na energia e nos materiais", diz ele.

Traga o ambiente externo para dentro com plantas

O Garden Room do Devonshire é um exemplo impressionante de sobreposição da natureza sendo fiel às raízes do clube. "Nós queríamos trazer essa sensação de jardim inglês para dentro", diz White. Uma base de cinzas e verdes no carpete e nos móveis ajuda a colocar o tom das palmeiras e dos rosas mais perto do nível dos olhos. "Muitas pessoas entram e sentem que foram transportadas para outra parte", diz March.

Use estantes de livros e telas para alcançar o equilíbrio

Em boa parte de seu trabalho, as estantes de livros oferecem uma ilusão de divisão e também equilibram a sensação geral. "Quando você pensa nos clubes, geralmente tudo se resume à privacidade: zonas e espaços privados", diz White. "Quando você traz isso para a casa, uma estante de livros pode ser uma tela -- especialmente por trás de um console para adicionar divisão", diz White.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos