Bolsas

Câmbio

CEO da Disney diz que parque de Xangai está perto do equilíbrio

Bloomberg News

(Bloomberg) -- A Walt Disney afirmou que seu ambicioso parque temático em Xangai, de US$ 5,5 bilhões, está perto de atingir a taxa de equilíbrio em seu primeiro ano cheio de operações ? façanha que nenhum de seus resorts pôde conseguir nos últimos trinta anos, disse o CEO Bob Iger.

"Essa é uma vitória extraordinária, acho que nunca havíamos conseguido isso", disse Iger, em entrevista concedida a Tom Mackenzie, da Bloomberg Television, nesta sexta-feira, no primeiro aniversário do Shanghai Disney Resort. "Após o primeiro ano, tenho o prazer de dizer que as perspectivas são fortes para o sucesso e crescimento contínuos."

O parque havia recebido mais de 11 milhões de visitantes até o começo desta semana, disse Iger. O empreendimento em Xangai, o primeiro da Disney na China continental e seu maior investimento fora dos EUA, tem sido um ponto luminoso diante da queda do número de visitantes nos parques de Hong Kong, Paris e EUA no ano passado. A companhia, que obtém um quinto de seus lucros com parques temáticos e resorts, tenta conquistar a crescente classe média chinesa e dominar a indústria de mídia e entretenimento do país, avaliada em US$ 204 bilhões.

Na China, existe potencial para que a Disney construa um segundo parque, disse Iger, acrescentando que antes expandiria o resort de Xangai. A abertura de uma área dedicada a Toy Story está programada para o próximo ano.

"Antes de analisarmos de verdade o horizonte geograficamente, vamos nos concentrar em expandir este parque", disse Iger. "Será que, com o tempo, poderíamos construir em outra cidade? Sim, há uma grande probabilidade de que faremos isso."

Visitantes

O número de visitantes do resort durante os 12 meses seguintes à inauguração coloca-o entre os sete parques temáticos mais populares do mundo, na frente dos parques da Disney em Hong Kong e Paris, mas atrás de seus parques mais populares, na Flórida, na Califórnia e no Japão.

A Disneylândia de Tóquio recebeu 16,5 milhões de visitantes no ano passado, e o parque mais popular da companhia, o Magic Kingdom, na Flórida, registrou mais de 20 milhões de visitantes, de acordo com dados da Themed Entertainment Association e da empresa de consultoria Aecom. O parque também é o mais visitado da China, na frente do rival Chimelong Ocean Kingdom, em Hengqin, que recebeu 7,5 milhões de visitantes em 2016, de acordo com os dados.

Os parques internacionais da Disney, à exceção dos resorts de Tóquio, que não lhe pertencem nem são operados pela empresa, enfrentaram dificuldades. O parque de Hong Kong recebeu 6,1 milhões de visitantes no ano fiscal de 2016, um declínio de 11 por cento em relação ao ano anterior, e registrou o segundo ano consecutivo de prejuízo líquido anual. A Disney informou nesta semana que deixaria de listar a Euro Disney S.C.A após 27 anos como uma empresa independente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos