Bolsas

Câmbio

Falta de moradias novas eleva custo de construção nos EUA

Patrick Clark

(Bloomberg) -- Os Estados Unidos precisam de mais moradias novas. Os imóveis usados estão em falta tanto para compradores quanto para inquilinos, tanto em movimentadas metrópoles litorâneas quanto em cidades menores no interior. A demanda por imóveis está valorizando os preços e o volume de casas próprias, em nível recorde de baixa, indica que mais pessoas estão alugando, provocando uma forte disputa por moradias para alugar. Existem sinais de que o aumento dos aluguéis está se desacelerando ? mas não no ritmo suficiente.

Um novo relatório publicado pelo Conselho Nacional de Moradia Multifamiliar e pela Associação Nacional de Apartamentos ? duas associações de proprietários ? busca quantificar quantos imóveis de aluguel são realmente necessários em cidades dos Estados Unidos ? bem como quão difícil é para incorporadoras imobiliárias realmente atender à demanda.

Um pouco de histórico e prólogo: entre 2000 e 2015, os imóveis de aluguel aumentaram em 212.000 unidades em edifícios na cidade de Nova York com pelo menos cinco apartamentos, segundo o relatório. Embora seja um volume menor do que a cidade necessita até 2030, pelo menos está perto. Dallas, no entanto, construiu 144.000 unidades desse tipo no mesmo período. Isso significa que a metrópole terá que quase dobrar o ritmo de construções para atender à demanda estimada.

A boa notícia, tal como se apresenta, é que não há muita sobreposição entre cidades com a maior demanda generalizada e aquelas que combinam medidas de regulação de zoneamento e disponibilidade de terrenos para construção. Desse modo, o problema está onde a regulação e custos de terrenos são os mais desafiadores para as incorporadoras.

A má notícia para essas cidades é que o aluguel está caro em toda parte. Em sete de cada dez cidades onde é mais difícil construir, mais de 40 por cento dos inquilinos gastam pelo menos 35 por cento da renda com aluguel. A pior cidade nesse cálculo é Miami, onde 54 por cento das famílias que moram de aluguel gastam mais de 30 por cento da renda com moradia.

Grandes edifícios de apartamentos não são o único tipo de moradia com alta procura. Os EUA precisam de mais apartamentos menores e também mais casas unifamiliares, especialmente em cidades da costa oeste que têm experimentado um rápido crescimento do emprego, mas uma modesta oferta de novas moradias para venda.

Título em inglês: These Are the U.S. Cities Where It Costs Too Much to Build

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos