PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Apple planeja investir US$ 1 bi em programas e filmes, dizem fontes

Alex Webb

17/08/2017 13h30

(Bloomberg) -- A Apple planeja investir cerca de US$ 1 bilhão em programas originais nos próximos 12 meses, intensificando os esforços para competir com a Amazon.com e a Netflix em streaming de vídeos, segundo pessoas com conhecimento do plano.

Uma nova equipe baseada em Los Angeles, liderada pelos ex-executivos de televisão da Sony Jamie Erlicht e Zack Van Amburg, contratados em junho, produzirá e comprará programas de televisão e filmes para o Apple Music e para outros produtos futuros de streaming de vídeo, disseram as pessoas, que pediram anonimato porque os planos são privados. O Wall Street Journal publicou sobre o novo orçamento na quarta-feira. Um porta-voz da Apple preferiu não comentar.

A Apple acelerou a iniciativa voltada aos vídeos nos últimos 12 meses com o objetivo de dobrar até 2020 as receitas de sua divisão de serviços, que inclui produtos como Apple Music e App Store. A empresa lançou os reality shows "Planet of the Apps" em junho e "Carpool Karaoke" no início deste mês. O executivo Jimmy Iovine disse à Bloomberg News em abril que a Apple lançaria até 10 programas originais até o fim do ano.

Apesar de representar um aumento nas despesas da Apple, o orçamento de cerca de US$ 1 bilhão, que as pessoas afirmam que ainda está sendo finalizado, é significativamente menor do que os gastos da Netflix e da Amazon em conteúdo original. A Netflix afirmou que investirá US$ 6 bilhões em programação neste ano e analistas do JPMorgan Chase estimam que a despesa da Amazon será de cerca de US$ 4,5 bilhões.

A Apple também contratou Matt Cherniss, que até recentemente era presidente da rede de cabo WGN America, da Tribune Media, como chefe de desenvolvimento. Cherniss reporta a Erlicht e a Van Amburg, que, por sua vez, reportam ao diretor de serviços da Apple, Eddy Cue. A equipe ainda está contratando agressivamente, disse uma das pessoas.

--Com a colaboração de Lucas Shaw

PUBLICIDADE