PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Reino Unido aprova compra de 1.900 pubs Punch pela Heineken

Divulgação
Imagem: Divulgação

Gaspard Sebag

18/08/2017 13h35

(Bloomberg) -- A Heineken evitou uma investigação mais aprofundada da compra de 1.900 pubs da Punch Taverns depois que o órgão regulador antitruste do Reino Unido aceitou as concessões oferecidas para aplacar suas preocupações em relação a preços e níveis de serviço.

A Autoridade de Concorrência e Mercados (CMA, na sigla em inglês) afirmou na sexta-feira que está satisfeita com o fato de as questões levantadas terem sido resolvidas e decidiu que não será necessário realizar a chamada fase 2 de investigação.

"A Heineken ofereceu a venda de pubs em cada uma das áreas afetadas para preservar a concorrência e garantir que os clientes desses lugares não sairão perdendo", afirmou a CMA em comunicado. O órgão regulador britânico havia identificado anteriormente 33 áreas nas quais a Heineken e os pubs Punch não enfrentariam suficiente concorrência.

A Heineken se uniu à Patron Capital em dezembro para comprar a Punch Taverns por 402,7 milhões de libras (US$ 519 milhões), superando um cofundador da empresa que também preparava uma oferta. Segundo o acordo, a Patron pagaria 180 pence por ação em dinheiro, enquanto a Heineken pagaria à empresa de investimento 305 milhões de libras pelos 1.900 pubs. A aquisição se soma aos 1.049 bares controlados pela Heineken no Reino Unido por meio da divisão Star Pubs & Bars.

Um porta-voz da Heineken afirmou que a cervejaria holandesa espera concluir o acordo até o fim do mês.

Com a colaboração de Thomas Buckley

PUBLICIDADE