Bolsas

Câmbio

Ford e Domino's testam entregas sem motorista nos EUA

Keith Naughton

(Bloomberg) -- A Domino's Pizza e a Ford Motor fecharam parceria para testar a entrega de pizzas sem motorista em Ann Arbor, Michigan, EUA. O objetivo é analisar as reações dos clientes aos robôs que levam o jantar até sua casa.

As pizzas quentes chegarão em um Ford Fusion autônomo, mas ainda haverá um engenheiro da empresa ao volante, que dirigirá o veículo manualmente pelas ruas da cidade da região Centro-Oeste dos EUA, onde está localizada a Universidade de Michigan. O objetivo da parceria é avaliar a reação do cliente ao sair de sua casa e caminhar até o carro para buscar sua pizza em um compartimento aquecido e fechado em vez de recebê-la à porta.

"Nosso interesse é descobrir o que as pessoas pensam a respeito desse tipo de entrega", disse Russell Weiner, presidente da Domino's USA, em comunicado. "A maioria das nossas dúvidas está relacionada aos últimos 15 metros da experiência de entrega. Por exemplo, como os clientes reagirão à necessidade de sair de casa para receber a comida?"

No caso da Ford, o experimento em Ann Arbor, que será realizado nas próximas semanas, é uma oportunidade de observar novas formas de cumprir a promessa da empresa de colocar carros autônomos nas ruas até 2021. O novo CEO da fabricante, Jim Hackett, indicou seu desejo de que a Ford vá além da construção de táxis-robô, conforme imaginado originalmente por seu antecessor, Mark Fields, demitido em maio por avançar com excessiva lentidão. Hackett considera que a entrega de produtos, como por exemplo alimentos, poderia ser outra fonte de receita para os automóveis autônomos.

"Estamos ampliando nossa compreensão a respeito da oportunidade comercial de que os veículos autônomos apoiem o deslocamento de pessoas e produtos e estamos contentes com o fato de a Domino's ter se unido a nós", disse Sherif Marakby, vice-presidente de veículos autônomos e elétricos da Ford, que recentemente retornou à empresa após passar um ano trabalhando com pesquisa de veículos autônomos na Uber Technologies.

Reação do cliente

Apesar de serem totalmente equipados com sensores autônomos, os carros não estarão no modo de direção autônoma porque a pesquisa se concentra na reação do cliente à entrega da pizza por robôs, e não em provar a tecnologia de condução sem motorista, disse Alan Hall, porta-voz da Ford.

"Esta fase da pesquisa não tem relação com a capacidade da direção autônoma de ir do ponto A ao ponto B", disse Hall, em entrevista por telefone. "A ideia é criar o cenário desses últimos 15 metros e observar a interação dos clientes com o veículo. Por exemplo, o carro precisa estacionar próximo à calçada ou deve ir até a porta da casa?"

Depois que caminham até o veículo, os clientes inserem um código único em um tablet instalado perto da porta traseira do carro que desbloqueia um compartimento aquecido capaz de armazenar até quatro pizzas e cinco acompanhamentos. Câmeras instaladas no carro e dentro do compartimento aquecido mostram como o cliente recebe seu pedido.

Durante o teste, os clientes da Domino's em Ann Arbor serão selecionados aleatoriamente para receber pizzas dessa forma. Os clientes que concordarem em participar do teste poderão acompanhar o trajeto de suas pizzas pela cidade por meio de um aplicativo de celular.

O teste de um mês "é o primeiro passo de um processo contínuo de testes que planejamos realizar com a Ford", disse Patrick Doyle, presidente e CEO da Domino's.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos