Bolsas

Câmbio

Tencent Music busca recursos de gravadoras antes de IPO, dizem fontes

Lulu Yilun Chen

(Bloomberg) -- A Tencent Music Entertainment Group, controlada pela maior operadora de redes sociais da China, busca novos recursos para uma avaliação de US$ 10 bilhões antes de uma oferta pública inicial, disseram pessoas com conhecimento do assunto.

A operadora de aplicativos de karaokê e de streaming estilo Spotify planeja vender cerca de 3 por cento de suas ações a parceiros estratégicos, incluindo selos de gravação, disse uma das pessoas, que pediu anonimato porque os detalhes são privados. A Tencent Holdings, proprietária do serviço de mensagens WeChat, era dona de cerca de 62,45 por cento da empresa do setor musical no fim do ano passado.

Ao formar uma ligação acionária com selos de gravação, a Tencent Music garantiria o direito de manter direitos de streaming vitais no mercado chinês de música, que está cada vez mais aquecido. A Tencent separou sua divisão de música depois de combiná-la com a China Music Corporation para conquistar uma fatia maior do mercado doméstico de streaming, que deverá alcançar 4,37 bilhões de yuans (US$ 664 milhões) em receitas com assinaturas até 2018.

A empresa, que compete com produtos da Alibaba Group Holding e da NetEase, está abocanhando conteúdo para atender aos usuários que usam a web para entretenimento e que desejam serviços adaptados a suas preferências personalizadas. A Tencent Music possui acordos válidos para distribuição de canções de artistas como Beyoncé e Taylor Swift depois que se associou a algumas das maiores gravadoras do mundo, como Universal Music Group, Warner Music Group e Sony Music.

Entre as outras gravadoras com maior influência no mercado chinês estão a Huayi Brothers Media e a coreana YG Entertainment, ambas detentoras de acordos de distribuição com a Tencent. As ações da Huayi Brothers subiram 0,9 por cento em Shenzhen e a Tencent Holdings caiu 0,9 por cento em Hong Kong.

Em comunicado enviado por e-mail, a Tencent Music informou que não comentaria o assunto.

A Tencent distribui música principalmente por meio de seus aplicativos QQ Music, Kugou e Kuwo, que possuem um total combinado de 600 milhões de usuários mensais ativos. Os aplicativos oferecem um serviço de streaming gratuito e um modo assinatura. A empresa também opera um serviço de streaming ao vivo e um aplicativo de karaokê.

A Tencent Music ganha dinheiro com assinaturas, anúncios e sublicenciamento de seu conteúdo para outras empresas, como a Netease.

O jornal Ming Pao publicou em abril que a Tencent Music planejava um IPO.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos