Bolsas

Câmbio

Cencosud planeja venda de unidades na Argentina e no Peru: Fonte

Eduardo Thomson

(Bloomberg) -- A Cencosud, segunda maior empresa de varejo da América Latina em vendas, planeja vender 50 por cento de suas operações de cartões de crédito na Argentina e no Peru para reduzir sua dívida, segundo uma pessoa com conhecimento do processo.

A empresa varejista com sede em Santiago está iniciando contatos com bancos desses países, disse a pessoa, que pediu anonimato porque as conversas são privadas. Os compradores terão que concordar em assumir a responsabilidade pelas dívidas de ambas as unidades: US$ 550 milhões na Argentina e US$ 150 milhões do Peru. Um executivo da assessoria de imprensa da Cencosud preferiu não comentar.

A Cencosud já possui joint ventures similares para suas operações de cartões de crédito no Brasil, no Chile e na Colômbia. A empresa assinou um acordo com o Bradesco para suas operações brasileiras de cartões de crédito em 2011 e com a unidade chilena do Bank of Nova Scotia, do Canadá, em 2014. Na Colômbia, suas operações de cartões de crédito são administradas por meio de uma joint venture com o Colpatria, também uma unidade do Scotiabank.

Em agosto, a Cencosud anunciou planos para vender até US$ 1 bilhão em ativos não essenciais nos seguintes 12 a 18 meses para poder se concentrar em seus supermercados, lojas de departamentos, shopping centers e lojas de materiais de construção. A empresa planeja reduzir seu nível de alavancagem dívida líquida/Ebitda para menos de 3, contra um índice atualmente acima de 4, e as vendas de ativos servirão de "apoio adicional" ao plano, disse o diretor financeiro Rodrigo Larrain em teleconferência, em 25 de agosto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos