Bolsas

Câmbio

EUA devolverão obras de arte de banqueiro brasileiro condenado

Bob Van Voris

(Bloomberg) -- Os EUA devolverão ao Brasil 95 obras de arte que eram do banqueiro condenado Edemar Cid Ferreira, fundador e ex-presidente do Banco Santos, disseram promotores federais em Nova York.

Ferreira foi condenado no Brasil por lavagem de dinheiro e crimes contra o sistema financeiro do País e sentenciado a 21 anos de prisão, disse o procurador interino dos EUA em Manhattan, Joon Kim, em comunicado, na quinta-feira. Os EUA devolverão as obras de arte, que foram adquiridas com recursos obtidos com seus crimes, ao administrador do processo de falência do Banco Santos.

"Essas obras foram usadas para mascarar um esquema criminoso audacioso de Edemar Cid Ferreira", disse Kim no comunicado.

O Brasil pediu ajuda à Interpol para rastrear as obras de arte, que foram contrabandeadas do Brasil há 10 anos, segundo o comunicado. Entre elas estão as obras "Woman", de Henry Moore; "Hannibal", de Jean-Michel Basquiat; "Modern Painting with Yellow Interweave", de Roy Lichtenstein; "Figures dans une structure", de Joaquín Torres-García; "Composition abstraite", de Serge Poliakoff; e uma estátua Roman Togatus.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos