Bolsas

Câmbio

Morgan Stanley ganha mercado no trading de ações no Brasil

Cristiane Lucchesi e Felipe Marques

(Bloomberg) -- O Morgan Stanley tem razões para comemorar seus 20 anos no Brasil: sua receita no país cresceu 36% no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2016, o banco está se aproximando do UBS na liderança do negócio de trading de ações e os seus executivos vêem boas perspectivas para fusões e aquisições, emissão de títulos de dívida e ações.

"Há poucos destinos tão atraentes quanto o Brasil" para investidores em mercados emergentes", disse o responsável para a América Latina, John Moore.

"O país tem escala e estabilidade geopolítica, crescimento econômico com baixa inflação, juros decrescentes e uma diversidade de negócios para investir".

O Morgan Stanley, primeiro em trading de ações no ranking mundial, aumentou participação nesse nicho no Brasil de 11% nos primeiros três trimestres do ano passado para 12,8% neste ano até 6 de outubro. Em 2013, a fatia era de 7,7%. A diferença em relação ao líder UBS passou de 3,7 pontos percentuais em 2016 para 0,8 ponto percentual.

Para comemorar o aniversário no Brasil, o banco está fazendo uma doação de R$ 500 mil para a Escola Vidigal, do artista plástico Vik Muniz, que ensina arte, tecnologia e design para crianças pobres no Rio.

O banco liderou transação de migração da Vale para o Novo Mercado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos