PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

JBS conversa com bancos para nova extensão de dívidas: Fontes

Felipe Marques, Fabiana Batista e Gerson Freitas Jr.

23/10/2017 10h15

(Bloomberg) -- A JBS está em convesa com seus maiores credores bancários no Brasil em uma nova rodada de tratativas visando alongar débitos que vencem em 2018. Os bancos estariam dispostos a dar mais tempo à empresa para quitas dívidas que vencem em julho, de acordo com quatro pessoas familiarizadas com o assunto, que pediram para não ser identificadas porque as discussões são privadas.

A JBS já pagou cerca de um quarto dos empréstimos de curto prazo graças à geração de caixa e à venda de ativos da empresa, disseram as pessoas.

As discussões ainda estão em um estado inicial e os termos da extensão ainda não foram definidos, disseram. Procurada, a JBS não quis se pronunciar sobre o assunto.

Discussões ocorrem apenas três meses após a JBS fechar acordo para estabilizar cerca de R$ 20,5 bilhões de dívida ao longo de 12 meses. A JBS concordou com garantias adicionais, um pagamento antecipado de 10% da dívida e prometeu fazer pagamentos adicionais à medida que vende ativos.

Os credores podem estar dispostos a continuar dando suporte à empresa, uma vez que a geração de caixa e o ritmo das vendas de ativos estão sendo melhores do que o esperado inicialmente, disseram as pessoas. Em setembro, a JBS anunciou a venda da empresa britânica Moy Park para a subsidiária norte-americana Pilgrim's Pride Corp da própria JBS por US$ 1,3 bilhão, incluindo dívidas.

A JBS deve ter um Ebitda de R$ 3,9 bilhões no 3º trimestre, de acordo com a média de estimativas compilada pela Bloomberg. Os resultados provavelmente serão impulsionados pela forte demanda nos EUA e pelos baixos custos de ração, disse o Banco do Brasil Investimentos em um relatório na sexta-feira.

PUBLICIDADE