PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Porto Rico projeta futuro energético com Tesla e privatizações

Jonathan Levin

23/10/2017 14h34

(Bloomberg) -- Um representante do governo de Porto Rico que tem conversado com a Tesla disse que a ilha leva a sério a transformação de sua infraestrutura energética, derrubada pelo furacão Maria, de categoria 4, apesar das dúvidas em relação à forma de financiamento de uma reforma desse tipo.

Em entrevista por telefone, o secretário do Departamento de Desenvolvimento Econômico e de Comércio, Manuel Laboy, afirmou que o governo de Porto Rico entende os céticos: as finanças da ilha estão destruídas, e seu sistema de eletricidade, em frangalhos. Mas ele disse que o território dos EUA tem uma oportunidade histórica de usar recursos federais para modernizar uma rede elétrica antiga e fraca.

No cerne do argumento está a crença do governo de que o financiamento relacionado à Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema, na sigla em inglês) pode ser usado para construir um novo sistema, não apenas para consertar o antigo, e de forma tal que a rede não entre em colapso em caso de nova tempestade. Laboy disse que a administração do governador Ricardo Rossello está preparada para defender esse argumento.

"Existe uma boa chance de conseguirmos levar isso adiante", disse ele, por telefone, de Ponce, Porto Rico.

Mesmo antes da tempestade, o sistema de energia de Porto Rico, com décadas de antiguidade, era notoriamente sujo, ineficiente e vulnerável, com a maior parte da produção no sul, e a demanda, na parte norte da ilha. Isso também sobrecarregava os consumidores com contas de luz acima da média. Quando o furacão arrasou a ilha, há um mês, a maior parte de Porto Rico ficou no escuro. O apagão deixou a economia, que já enfrentava dificuldades, próxima da paralisação.

Laboy disse que o governo estuda a instalação de uma série de microrredes e de redes regionais que usem tecnologia solar e baterias, junto com outras fontes renováveis. Ele disse que negocia com a Tesla desde que o CEO Elon Musk trocou mensagens com Rossello pelo Twitter. A Tesla, uma fabricante de carros elétricos, também vende baterias aos consumidores para que sejam combinadas com sistemas solares instalados em telhados.

A ilha estuda opções com outras empresas como Sonnen, Arensis e Sunnova Energy, disse Laboy. É "altamente provável" que o governo realize um processo licitatório.

Segundo um dos cenários, uma ou mais empresas privadas poderiam administrar a geração de energia e a Autoridade de Energia Elétrica de Porto Rico cuidaria da transmissão, disse ele. Algumas operadoras abordaram o governo de Porto Rico, disse ele, que preferiu não informar quais.

A relação entre Porto Rico e a fabricante de veículos com sede em Palo Alto, Califórnia, começou anos atrás, quando a ilha procurava atrair empregos da Tesla, disse Laboy. Ele conta que viajou para se reunir com representantes da Tesla em junho.

A ilha também trabalha com empresas de energias renováveis em projetos de curto prazo para garantir eletricidade para hospitais e escolas, disse ele.