Bolsas

Câmbio

Produtores de maconha nos EUA aguardam regras da Califórnia

Jack Kaskey

(Bloomberg) -- A projeção da Scotts Miracle-Gro de expansão de 10 por cento nas vendas da divisão de cannabis é "conservadora", segundo a própria empresa, que também aguarda diretrizes claras sobre como o Estado da Califórnia vai regulamentar a compra de maconha para uso recreacional.

O Estado deve se tornar o maior mercado do produto nos EUA a partir de 1º de janeiro, quando expandirá para fins recreacionais a permissão que até agora só é dada para consumo como tratamento médico. No entanto, as autoridades ainda estão elaborando as regras e isso prejudica o crescimento das vendas no curto prazo, segundo o presidente da companhia, Jim Hagedorn.

"Quem planta profissionalmente está segurando munição até que as regras para recreação na Califórnia sejam compreendidas", disse durante uma teleconferência com analistas sobre os resultados da empresa. "É uma grande expansão do mercado na Califórnia, portanto é boa notícia. Mas as pessoas precisam entender quais são as regras e ter certeza de que não haverá violação."

Na divisão da Scotts Miracle-Gro que fornece fertilizantes, luzes e outros itens para cultivo de maconha, a receita dobrou e o lucro triplicou no ano fiscal encerrado em 30 de setembro. A empresa tem sede em Marysville, Ohio.

Os ganhos foram puxados por aquisições. O volume de vendas da divisão aumentou 20 por cento, usando como referência a mesma carteira de negócios de um ano antes, segundo Hagedorn. O movimento ajudou a compensar a queda de 2 por cento nas vendas de produtos para grama e jardim a consumidores nos EUA. A empresa duvida que a tendência mude no atual ano fiscal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos