Bolsas

Câmbio

Citigroup não cobrará por relatórios de pesquisa de renda fixa

Dakin Campbell

(Bloomberg) -- O presidente do Citigroup, Mike Corbat, avisou que o banco americano manterá sua prática de longa data e não cobrará aos clientes por pesquisas sobre renda fixa quando novas regras entrarem em vigor.

"Tradicionalmente nós não cobramos ou tivemos uma cobrança específica para isso", disse Corbat em entrevista a David Westin na Bloomberg Television. "Esperamos que estejam dispostos a fazer negócio conosco por isso, mas provavelmente não iremos cobrar."

Os relatórios de renda fixa raramente são cobrados de clientes que negociam títulos porque os investidores costumam pagar pelas transações por meio do cálculo de um spread. O Citigroup segue os passos de Credit Suisse Group e Danske Bank, que avisaram que darão de graça todas ou quase todas as pesquisas sobre renda fixa que realizam.

A Diretiva de Mercados em Instrumentos Financeiros da União Europeia (conhecida pela sigla MiFID II), que passará a valer em janeiro, exige que os investidores paguem por pesquisas de modo separado da execução de transações e impõe padrões mais rígidos de reporte. Os preços das pesquisas vêm caindo à medida que o prazo se aproxima porque os bancos estão focados em reter clientes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos