Ascensão da Alibaba cria 10 bilionários além de Jack Ma

Venus Feng

  • Mark Lennihan/AP

(Bloomberg) -- Jack Ma, que criou a maior empresa de comércio eletrônico da China duas décadas atrás e acumulou uma fortuna de US$ 47,6 bilhões, também gerou bilhões de dólares em riqueza para pelo menos outras 10 pessoas -- um total de quase US$ 100 bilhões.

Ao investir de forma direta ou formar parceria com empresas que prestam serviços para suas plataformas de compras on-line -- desde sistemas de pagamentos até empresas de entregas --, Ma e sua Alibaba Group formaram uma rede de pessoas cujas fortunas combinadas totalizam mais de US$ 52 bilhões, segundo o Bloomberg Billionaires Index. Adicionando a riqueza de Ma ao total, o patrimônio líquido coletivo é maior do que as economias de 136 países.

"Jack é um visionário do longo prazo", disse Duncan Clark, autor do livro "Alibaba: The House That Jack Ma Built" ("Alibaba: A casa que Jack Ma construiu", em tradução livre) e um dos primeiros conselheiros da empresa. A rede de empresas que se alimentam da Alibaba "é algo que Jack Ma imaginou e planejou há muito tempo".

As fortunas surgem de setores de apoio à Alibaba -- pagamentos eletrônicos e seguros, empresas de entregas e varejistas complementares, como supermercados.

Surgiram pelo menos dois bilionários neste ano oriundos do setor de tecnologia financeira, que respalda a Alibaba. Um deles é Ou Yafei, da ZhongAn Online P&C Insurance, que oferece aos clientes seguro de devolução da entrega em um clique para compras feitas no shopping on-line Taobao, da Alibaba.

A empresa, que conta com a divisão de pagamentos on-line da Alibaba, a Ant Financial, como maior acionista, realizou uma oferta pública inicial em Hong Kong em setembro. Min Luo, da Qudian, que oferece empréstimos a consumidores on-line em parceria com a Ant Financial, realizou um IPO nos EUA em outubro.

A entrega de encomendas também criou seis bilionários. Wang Wei, que criou a maior empresa de entregas de encomendas da China em receita, a SF Express, adicionou mais de US$ 15,4 bilhões a seu patrimônio líquido neste ano após a abertura de capital da SF Holdings na Bolsa de Valores de Shenzhen.

Entrega de mercadorias

A empresa ganhou dinheiro principalmente com o transporte de produtos da Alibaba, assim como as empresas de entregas ZTO Express Cayman, STO Express, Yunda Holding -- e YTO Express Group, esta com 11 por cento de participação da Alibaba. As empresas também cooperam em uma rede de logística chamada Cainiao Smart Logistics Network, da qual a Alibaba é dona majoritária.

"O negócio de comércio eletrônico da Alibaba é um sistema mais aberto, que conecta diferentes partes das cadeias de suprimentos", disse John Wu, ex-diretor de tecnologia do grupo da Alibaba e cofundador da empresa de capital de risco e hedge fund FengHe Fund Management, com sede em Cingapura.

Ele comparou a Alibaba à Tencent, a maior operadora de jogos on-line da China, que domina o setor de tecnologia do país ao lado de Alibaba e Baidu. A Tencent "depende do negócio dos jogos, que segue um círculo de produção fechado de design e desenvolvimento por engenheiros", disse Wu.

--Com a colaboração de Pei Yi Mak Adrian Leung e Christopher Cannon

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos