Bolsas

Câmbio

Como fazer anúncio para máquinas? Petroleiras buscam resposta

Anna Hirtenstein e Rakteem Katakey

(Bloomberg) -- A esperada proliferação dos carros autônomos trará um novo problema para as maiores petroleiras do mundo -- como fazer anúncios para uma máquina.

A BP precisa descobrir como atrairá carros controlados por computadores a seus postos de combustíveis, disse David Eyton, diretor de tecnologia da empresa.

"Esse é o problema no qual todos estamos tentando pensar, ou seja, se você não estiver dirigindo o carro, como esse carro decidirá para onde vai?", disse Eyton, em entrevista, em Londres. "Isso é importante se você estiver abastecendo esse carro com energia."

O comentário ressalta a velocidade com que as maiores empresas de petróleo estão tendo que reavaliar seus mercados em um momento em que as tecnologias, desde os carros autônomos elétricos até o fraturamento hidráulico (fracking), estão revolucionando os mercados de energia. O setor já enfrenta dúvidas existenciais em relação ao futuro do diesel após um escândalo de fraude em testes de emissões e existe a ameaça de os carros plug-in roubarem demanda da gasolina.

Tentando se antecipar à mudança, empresas como a Royal Dutch Shell fecharam acordos com fabricantes de automóveis para expandir a oferta de veículos elétricos e têm apoiado a tecnologia de célula de combustível de hidrogênio.

A BP não fez nenhum investimento significativo em recarga de veículos até o momento, mas está "estudando com muito cuidado todo o leque de possíveis formas de participar da eletrificação dos transportes", disse Eyton. Alguns carros com motores tradicionais provavelmente serão conduzidos por máquinas nas próximas décadas, e esses motores precisarão ser reabastecidos em algum lugar.

"Se eu fosse um concorrente e tivesse relacionamento próximo com uma empresa automotiva, eu pré-programaria o carro para ir sempre a essa empresa", disse ele. "E então ficaríamos lá sentados, pensando: por que não está aparecendo ninguém agora?"

Algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo, como a Alphabet, empresa controladora do Google, e a Uber Technologies estão investindo em veículos autônomos. No início do mês, a Waymo, divisão da Alphabet, informou que caminhões autônomos e os serviços de transporte particular podem estar entre os primeiros veículos autônomos a aparecer.

Os carros elétricos da Tesla vêm com uma configuração Autopilot, que auxilia o motorista humano conduzindo o veículo em um número cada vez maior de situações. O bilionário dono da empresa, Elon Musk, disse em maio que a direção totalmente autônoma pode estar a dois anos de distância.

Eyton disse que a BP mantém negociações com empresas de tecnologia, mas não forneceu mais detalhes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos