Ingresso de US$ 15 compra o que fãs da Tesla esperam há 20 meses

Dana Hull e Jamie Butters

(Bloomberg) -- A Tesla faz várias centenas de milhares de possíveis compradores esperarem para ver um carro pelo qual começaram a pagar depósitos de US$ 1.000 há 20 meses. A chance de finalmente chegar perto de um sedã Model 3 agora existe por mais US$ 15.

A fabricante de automóveis liderada por Elon Musk exibe um sedã Model 3 vermelho e trancado no Salão do Automóvel de Los Angeles, que abre ao público nesta sexta-feira. As portas permanecerão trancadas, mas até então era difícil ver o carro de perto, mesmo de fora. A Tesla restringiu as entregas iniciais aos seus próprios funcionários e as dificuldades de Musk para tocar a produção em massa tem mantido o carro fora das mãos dos clientes.

A Tesla historicamente evita os salões automotivos, onde participar é caro e que normalmente são realizados por associações de concessionárias, que não são fãs do modelo de venda direta da Tesla. Mas a Califórnia é o território da fabricante de veículos elétricos e o Salão de Los Angeles será uma oportunidade há muito aguardada de os potenciais compradores e até mesmo de alguns investidores examinarem o carro, fundamental para que a Tesla alcance mais consumidores convencionais pela primeira vez.

"Tenho uma equipe de pessoas procurando carros Model 3 por Los Angeles e pessoalmente vi apenas dois", disse Ross Gerber, CEO da Gerber Kawasaki Wealth & Investment Management em Santa Monica, que detém ações da Tesla. Ele fez o depósito por um Model 3 e disse que planeja ir ao salão para ver o carro melhor.

Configurando carros

Quatro meses depois que Musk realizou um evento pelo início da produção do Model 3, poucos puseram as mãos no veículo, com exceção de trabalhadores da Tesla e amigos próximos da empresa. Um primeiro grupo de detentores de reservas que não fazem parte da empresa foi convidado na semana passada para configurar seus carros.

Dan Zorrilla, de 40 anos, foi um dos primeiros não empregados a finalizar seu Modelo 3. O morador de Tampa Bay, Flórida, já possui um Model S, um dos fatores que o colocaram na parte da frente da fila. Ele e outros foram informados que seus carros ficariam prontos em cerca de quatro semanas.

"Não ouvi nada sobre a data de entrega desde que configurei", disse Zorrilla. "Eu realmente não me importo com o atraso do Model 3."

A empresa com sede em Palo Alto, Califórnia, fabricou apenas 260 sedãs Model 3 no terceiro trimestre, muito menos do que a projeção de 1.500 unidades, e a Tesla não informou quantos carros espera fabricar nos últimos três meses do ano. Em 1º de novembro, a companhia anunciou que esperava atingir uma taxa de 5.000 unidades por semana no fim de março, um trimestre mais tarde que o previsto anteriormente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos