Bolsas

Câmbio

Varejo chileno teme provável queda do turismo de compras

Eduardo Thomson

(Bloomberg) -- Uma boa notícia para os argentinos é uma má notícia para os abatidos varejistas chilenos.

Os turistas argentinos têm sido de grande ajuda para os varejistas chilenos, comprando produtos eletrônicos que são fortemente tributados na Argentina. Mas um plano para eliminar as tarifas sobre os produtos eletrônicos importados até 2024 deverá diminuir as viagens a Santiago, onde turistas podem ser encontrados percorrendo shoppings e comprando televisores de tela plana, telefones celulares e as últimas versões do iPad.

Os efeitos já estão sendo sentidos. As compras dos argentinos com cartões de crédito em Santiago cresceram apenas 12,3 por cento no terceiro trimestre, menos do que os 41,5 por cento do primeiro trimestre e que os 38,2 por cento do segundo, informou a Credicorp, em nota a clientes, citando dados da Câmara de Comércio da cidade. Os argentinos atualmente representam cerca de 34 por cento do total de compras com cartões de crédito estrangeiros no Chile.

Embora 2,8 milhões de argentinos tenham visitado o Chile como turistas neste ano, um aumento de 19 por cento em relação ao ano passado, há sinais de desaceleração. Em outubro, o número de visitantes caiu 6,9 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos