Bolsas

Câmbio

Com quatro cilindros menos, novo Aston Martin DB11 oferece mais

Hannah Elliott

(Bloomberg) -- Às vezes, menos é mais. Especialmente quando, na verdade, nada se perde.

O Aston Martin DB11 é o cupê com a beleza mais clássica no mercado hoje em dia. A Aston começou a vender a versão V12 em dezembro de 2016, mas este é o primeiro mês em que você pode comprar o modelo V8, US$ 18.000 mais barato.

Na semana passada, eu dirigi o V8, de US$ 198.995 e 503 cavalos de potência, em Los Angeles; alguns meses antes, eu tinha dirigido o V12, de US$ 216.495 e 600 cavalos de potência, em Nova York.

Eles têm o mesmo chassi e suspensão; os mesmos discos de freio de aço e as mesmas rodas diamantadas de 20 polegadas com 10 aros; a mesma caixa automática com oito marchas e o motor em posição central.

Eles também têm um aspecto idêntico, tirando as quatro aberturas no capô do DB11 V12 - o DB11 V8 tem duas. Os dois têm uma fronteira escultural, um torso aprimorado e a potência de um guerreiro viking (se os guerreiros vikings tivessem tido tração traseira). De fato, na maior parte da resenha sobre o V12, falei do quanto o interior e o exterior do carro são incrivelmente deslumbrantes.

Contudo, para um comprador inteligente, a melhor opção é o V8.

Diferença imperceptível

Apesar de oferecer menos cavalos de potência que o V12 e 2,5 kgfm de torque a menos, o V8 atinge 100 quilômetros por hora em 3,9 segundos, apenas 0,1 segundos atrás do V12. Eu prometo que vocês não conseguirão perceber a diferença (embora talvez a ouçam no som do motor).

Além disso, a maioria dos motoristas - inclusive eu - não perceberá a diferença entre as velocidades máximas de 300 km/h e 320 km/h em seu trajeto diário. Eu não consegui chegar a 240 km/h na reta final da pista Thermal, afundando o pé no acelerador de uma Ferrari, em uma tentativa recente. Meu instrutor, um motorista profissional, também não conseguiu (para os curiosos: chegamos a mais ou menos 224 km/h, mas isso está bem longe de 300 km/h).

E ele pesa 115 quilos a menos do que o V12, então, quando você dobrar em esquinas ou passar por curvas, você sentirá um maior controle, uma união mais forte com o asfalto e uma maior velocidade de reação à curva do que com um carro mais pesado com um motor maior.

De modo geral, o DB11 V8 é mais afiado ao volante do que o V12 (e provavelmente use o combustível com mais eficiência, embora os números finais da Agência de Proteção Ambiental dos EUA ainda não tenham sido confirmados). Você se sentirá poderoso e desimpedido ao dirigi-lo - a menos que você tenha comprado o elegante conjunto de quatro malas da Aston, que combinam com o couro do interior.

Esse tipo de bagagem você precisará carregar sozinho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos