Bolsas

Câmbio

BTG Pactual planeja dobrar unidade de crédito no Chile em 2018

Javiera Quiroga

(Bloomberg) -- O BTG Pactual planeja se expandir em todas as áreas essenciais do banco no Chile no ano que vem e mais que dobrar sua unidade de crédito no país.

"No ramo de banco de investimento, a ideia é encerrar algumas das operações em que temos trabalhado, como a venda da Banmédica ao United Health Group e a reestruturação da Enel", disse Juan Guillermo Agüero, CEO do banco no Chile, em entrevista, em Santiago. "Em gestão de ativos e fortunas, divisão em que o BTG teve entrada de US$ 1 bilhão neste ano, enfatizaremos ativos alternativos, como private equity, dívida privada e imóveis."

A unidade de crédito no Chile foi relançada no início de 2017 e deverá aumentar de US$ 300 milhões para US$ 700 milhões em 2018 após um hiato de dois anos causado por uma investigação de corrupção no Brasil.

O BTG contratará "seletivamente" para levar a expansão adiante no ano que vem, buscando uma alavancagem operacional, disse Agüero. A empresa atualmente conta com 300 funcionários em Santiago.

Aumento dos investimentos

Os ativos chilenos dispararam desde que o candidato Sebastián Piñera, um ex-presidente pró-mercado, venceu a eleição presidencial deste mês. Ele prometeu reverter quatro anos de crescimento econômico lento, o que aumentou a confiança dos investidores.

"Esta é uma boa notícia para as operações de mercado -- mais investimentos estrangeiros no Chile, operações transfronteiriças de fusões e aquisições, nos mercados de capitais, mais fluxos de investimento de carteira para fundos de investimento", disse ele. "Agora que há mais clareza, no ano que vem as empresas reativarão seus planos de investimentos e nossa expectativa é que o investimento em imóveis, construção, concessões e infraestrutura se reative."

Há uma tendência clara de investidores estrangeiros de tamanho relevante chegando para operar no Chile, e isso deve continuar, disse Agüero. O valor das transações anunciadas em 2017 em que o comprador era estrangeiro subiu para US$ 9,4 bilhões, contra US$ 6,8 bilhões em 2016, segundo dados compilados pela Bloomberg.


--Com a colaboração de Eduardo Thomson

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos