ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 1.Ago.2018
Topo

Rival chinesa da WeWork muda marca para expandir globalmente

Bloomberg News

27/12/2017 15h15

(Bloomberg) -- A marca "UrWork" já não existe mais. A rival chinesa da WeWork mudará o nome do seu serviço de escritórios compartilhados para "ucommune", em uma estratégia que poderia ajudar a evitar possíveis problemas legais em sua tentativa de crescer globalmente.

A URwork (Beijing) Venture Investment mantém essa denominação formal, mas decidiu tirar o nome de suas mais de cem lojas depois que a WeWork revogou uma batalha pela marca comercial contra sua concorrente. Agora, a startup chinesa está construindo linhas de produtos em torno da nova marca, afirmou a empresa em um comunicado, sem dar detalhes. A UrWork tinha dito que estava avaliando outros serviços que as startups necessitam, de marketing e relações públicas até assistência legal e ajuda para levantar fundos.

A UrWork, que afirma ter uma avaliação de mais de US$ 1 bilhão, está se preparando para uma grande incursão contra a WeWork, a líder nos EUA em escritórios compartilhados, que se popularizaram quando as novas startups começaram a reduzir custos e a colaborar com seus pares. As expansões da UrWork se limitaram principalmente ao seu mercado local, mas a startup começou a se instalar em várias cidades, de Londres a Los Angeles, e agora opera quase 120 lugares em 35 cidades do mundo.

"Não queremos oferecer só espaço para escritórios, queremos dar mais possibilidades aos clientes", afirmou a UrWork. "Conectar-se ao mundo, partir de uma rede enorme de membros -- é isso que queremos dizer quando falamos em 'commune' (comunidade)."

A WeWork processou sua rival de espaços de trabalho compartilhados neste ano por suposta imitação de nome e marca, lançando ações legais em Londres e Nova York antes de chegar a um acordo, sobre o qual não há detalhes, com a competidora. Essa resolução permitiu que ambas as empresas avançassem em seus planos de negócios, disseram na época.

Agora, a incursão internacional da UrWork a confronta diretamente com a WeWork, avaliada em US$ 20 bilhões na sua última rodada de financiamento e apoiada por nomes como SoftBank Group. A startup americana está se preparando para expandir sua presença na Ásia, inclusive na China e no Japão. Alguns patrocinadores da UrWork são a Sequoia Capital China, a Sinovation Ventures e a Tianhong Asset Management, um fundo apoiado pela gigante de serviços financeiros Ant Financial.

Mais Economia