Bolsas

Câmbio

Diferença salarial entre CEO e trabalhador médio é maior nos EUA

Anders Melin e Wei Lu

  • Getty Images/iStockphoto

(Bloomberg) -- Os CEOs nos EUA ganham muito mais do que seus pares no exterior e a diferença entre suas remunerações e a média da remuneração dos trabalhadores americanos é maior do que em outros países.

Os CEOs das maiores empresas americanas negociadas em Bolsa receberam em média US$ 14,3 milhões em remuneração anual, mais do que o dobro que seus colegas canadenses e dez vezes mais do que os da Índia, de acordo com uma análise da Bloomberg, que usou índices acionários de referência em 22 países.

Os CEOs das empresas listadas no índice Sensex, da Índia, ganham 229 vezes mais do que o trabalhador médio do país, a segunda maior diferença em todo o mundo atrás apenas da proporção de 265 vezes nos EUA, de acordo com outro ranking da Bloomberg.

Diferenciais na Noruega e na Áustria estão entre as menores. Os CEOs das empresas do índice norueguês OBX obtiveram, em média, US$ 1,28 milhão, quase o mesmo que a renda gerada por 20 pessoas.

Uma empresa listada em uma Bolsa dos EUA deve divulgar a relação entre a remuneração de um CEO e o salário de seu trabalhador médio para todos os anos fiscais a partir de 1º de janeiro de 2017. Peter Simon, legislador alemão do Parlamento Europeu, propôs uma relação similar para os bancos, com o objetivo de levar a remuneração dos executivos a um "patamar mais apropriado".

Há inúmeras razões para as discrepâncias de remuneração entre executivos. Os EUA são o lar de várias das maiores corporações do mundo, que tendem a pagar mais. O custo de vida em geral é mais alto na América do Norte e na Europa Ocidental do que em algumas partes da Ásia.

E até mesmo a mera divulgação de números detalhados pode aumentar o salário, porque os conselhos estabelecem a compensação dos CEOs de acordo com a de seus pares, disse Tim Quigley, professor associado de administração da Universidade da Geórgia.

O ranking da Bloomberg que compara a remuneração dos CEOs com os rendimentos da sociedade baseia a renda gerada por pessoa no produto interno bruto per capita, ajustado em função das diferenças do nível de preços entre países. Não é um indicador perfeito: o PIB mede apenas o valor dos bens e serviços produzidos, e não como eles foram distribuídos.

O valor da remuneração de cada país se baseia no pacote salarial médio dos CEOs para empresas em um dos principais índices acionários, ponderado pela capitalização de mercado. A remuneração, divulgada em registros públicos, inclui salário, bônus, benefícios e pagamento não-monetário, tais como prêmios em ações, programas de remuneração diferida e pensões.

Os mercados com dados sobre a remuneração de menos de cem empresas de capital aberto ou de menos de 50% dos membros do índice de referência foram excluídos.

Como a reforma trabalhista afeta a sua vida?

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos