ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Euronet não tem pressa para retomar negociações com MoneyGram

Matthew Monks

04/01/2018 12h37

(Bloomberg) -- A Euronet Worldwide está esperando para ver o que acontece antes de retomar o plano de comprar a MoneyGram International, após o colapso da venda da empresa de transferências de dinheiro para a Ant Financial. A informação é de pessoas com conhecimento da situação.

A Euronet perdeu a disputa pela MoneyGram no ano passado e pode esperar vários meses antes de abordar a companhia novamente para sondar seu interesse no negócio, disseram as fontes, que pediram anonimato porque o assunto é particular. A Euronet pretende observar o nível em que as ações da MoneyGram se estabilizam. A empresa também não deseja entrar de cabeça em um negócio antes que a MoneyGram resolva questões relativas a investigações por autoridades reguladoras dos EUA, disse uma das fontes.

Se a MoneyGram e sua maior acionista, a firma de private equity Thomas H. Lee Partners, não forem receptivas, a Euronet provavelmente desistirá do negócio, segundo outra pessoa.

Representantes das empresas envolvidas não quiseram comentar.

A Euronet, que apresentou uma oferta de US$ 15,20 por ação da MoneyGram em março, quer ver as informações financeiras da MoneyGram à qual o público não tem acesso antes de fazer uma nova oferta. O temor é que o desempenho financeiro da empresa tenha piorado muito de lá para cá, afirmaram as fontes.

As ações da MoneyGram caíram 9 por cento para US$ 12,11 na quarta-feira em Nova York, o que coloca o valor de mercado da companhia em aproximadamente US$ 657 milhões. A ação da Euronet avançou 8,1 por cento para US$ 92,08.

Lógica comercial

A Ant Financial, conglomerado chinês de serviços financeiros controlado por Jack Ma, o cofundador da Alibaba Group Holding, havia acertado a compra da MoneyGram por US$ 18 por ação, o equivalente a US$ 1,2 bilhão.

O acordo foi cancelado na terça-feira porque não foi aprovado pelo Comitê de Investimento Estrangeiro nos EUA, órgão do governo americano que avalia os riscos de segurança de fusões e aquisições.

Em comunicado divulgado na terça-feira, a Euronet reiterou seu interesse na MoneyGram, afirmando que "continua acreditando que existe lógica comercial convincente na combinação".

"No entanto, desdobramentos significativos foram divulgados pela MoneyGram desde a oferta da Euronet e a Euronet não conduziu qualquer avaliação do negócio nesse período", de acordo com o comunicado. "Ainda consideramos lógica uma transação com a MoneyGram, mas não há garantia de que qualquer oferta será feita ou que uma transação acabará acontecendo."

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia